Quando a festa nunca acaba

Quando a festa nunca acaba

Imagine se a festa não acabasse e a vida cotidiana e os dias tranquilos não existissem mais? Seria mais ou menos assim:

Por Raphael Salimena.
Por Raphael Salimena.

[mc4wp_form id=”13376″]

Veja também:

[supsystic-gallery id=175 position=center]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima