Fazer reportagem ao vivo não é nada fácil

Fazer reportagem ao vivo não é nada fácil

Fazer TV ao vivo não é nada fácil e em reportagens as pérolas registradas são abundantes. A notícia fica totalmente em segundo plano quando alguma coisa inesperada acontece. 

A vida de um repórter não é nada fácil. Cobrir confrontos e guerras, terrorismo, horas e horas de discursos vazios de políticos corruptos, feiras de artesanato no Acre, invasões alienígenas, ejaculações em trens lotados, entre outras coisas, estão na pauta daquele esforçado aluno que fez Jornalismo na faculdade esperando sua chance de brilhar como âncora.

fazer-TV-ao-vivo-não-é-nada-fácil

Como não existe lugar para todos, muitos acabam tendo que cobrir todo o tipo de acontecimento e às vezes são surpreendidos com eventos ao vivo que não saem como o esperado. Assista:

Tem gente que não sabe nem segurar um cartaz e paga mico em rede nacional:

Existem também os desmaios ao vivo que preocupam muita gente:

[mc4wp_form id=”13376″]

Olha só isso:

[supsystic-gallery id=356 position=center]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima