Quadrinhos de bad: arte que faz pensar na vida

Quadrinhos de bad: arte que faz pensar na vida

Um novo projeto me chamou a atenção pela qualidade da arte e do roteiro, que são capazes de nos tocar e fazer pensar na vida. Estou falando dos Quadrinhos de Bad, que está publicando suas primeiras ilustrações e quadrinhos em seu Instagram o oficial. Na rede social, eles passaram dos 100 seguidores, mas torcemos para que esse belo conteúdo atraia cada vez mais fãs.

Os quadrinhos de Bad reúnem no Instagram algumas criações que falam sobre reflexões e sentimentos, pensamentos e ações, análises que qualquer ser humano faz sobre si mesmo ao longo da vida e relacionamentos dos quais participa. Aprecie e pense na sua vida. A artista responsável pela série é a ilustradora Lorar Laurenti.Veja também: Você é o seu próprio lar e outros quadrinhos para pensar.

Quadrinhos de bad: arte que faz pensar na vida

Na bio, eles informam que o conteúdo dos quadrinhos pode ser gatilho para algumas pessoas (no caso de pensamentos depreciativos recorrentes e depressão).  A artista também se disponibiliza a conversar inbox com quem precisar de ajuda para tratar de seus conflitos. A cada criação, a artista compartilha um texto reflexivo que vamos reproduzir aqui, como complemento de cada obra. Acompanhe, aprecie, pense na vida e medite.

Você já levou um gelo?

Levar um gelo é uma situação complicada que pode interferir diretamente na qualidade de nossos pensamentos sobre nós mesmos, o que nos leva a uma espiral de sentimentos e ações ruins.

Legenda da artista: “Nunca é bom se sentir ignorado. Vivemos em sociedade essencialmente para sermos notados e partilhar a existência com os outros. Mas infelizmente essas coisas acontecem. Não se culpe se alguém fez isso com você, não é possível controlar os desejos do outro. Também não culpe o outro. Somos todos rodeados de milhares de eventos todos os dias que nos levam a fazer o que fazemos. Na maioria das vezes a distância traz coisas saudáveis, novas possibilidades, novas pessoas. Respire, dê um tempo. Há dores que só o tempo cura.”

Decepções com o amor

Amar, se entregar e se decepcionar. Existe um ciclo em relacionamentos para quem já se acostumou a sofrer, mas a cada tentativa que dá errado, vamos nos fechando um pouco mais em nós mesmos.

Legenda da artista: “Então a gente acha que aprendeu. Vive várias experiências, chega numa certa idade e pensa que está livre de sofrer e se envolver em relações que nos causem dor. A vida dá um giro e no mês seguinte já não nos reconhecemos mais. Mais uma porrada, outra decepção. Ficamos mais duros. Então a gente acha que aprendeu…”

Deixe o amor crescer naturalmente

Muita gente acaba tentando acelerar relações a fazer com o que o outro dê um passo a frente que não está preparado para dar. Tudo tem o seu momento e os sentimentos tornam-se muito mais fortes e verdadeiros quando florescem naturalmente, sem o “agrotóxico” da ansiedade.

Legenda da artista: “Nossos corpos estranham corpos estranhos. Toda vida exige adaptação, porém muitas vezes não temos tempo de nos preparar adequadamente. Essas situações exigem paciência e a certeza de que uma hora a situação acaba ou nos acostumamos a ela…”

Fim de relacionamento

Existe sempre uma parte que sofre mais após o fim de um relacionamento. Geralmente é quem mais amou, mais se doou e mais acreditou que estava fazendo o certo. Nem tudo sai exatamente como imaginamos nos relacionamentos e em alguns casos isso pode ser terrivelmente doloroso.

Legenda da artista: “Fins de relacionamentos parecem o fim do mundo. É muito difícil não ter mais aquela pessoa que era parte de você por perto, é difícil seguir em frente. É importante focar no bem estar próprio acima de tudo. Se mantenha bem e depois verifique se os outros estão bem. O roteiro desse foi escrito por @raul_naito❤”

Memórias que não se apagam

Memórias e lembranças de momentos vividos não se apagam e isso pode ser uma verdadeira tortura em algumas situações complicadas. Quando um relacionamento acaba, por exemplo, tentamos destruir todos os laços com a pessoa que se vai, mas algumas coisas são eternas e não podem ser apagadas.

Nesta legenda, a artista não analisou exatamente a mensagem do quadrinho, já que ele foi um dos primeiros. Por isso, a preocupação de Lorar era conversar com os fãs e entender qual seria a melhor maneira de publicar as artes:

“Vou postar essa versão da tira porque não sei qual vocês preferem para melhor visualização, mais tarde posto inédita. Me digam o que acham dos formatos.”

A tira acima está completa em apenas uma imagem. A outra opção de leitura disponibilizada pela artista permite passar de uma imagem para a outra, para que o leitor tenha a sensação de estar “folheando” e se surpreenda com cada novo quadro. Perceba a diferença na mesma arte, com o outro formato:

Qual estilo você curte mais? Acompanhe o trabalho no Instagram e dê uma força para que esse projeto continue firme e forte, nos brindando com essas belas artes.

Confira o portifólio de Lorar Laurenti em seu Tumblr.

Conclusão

Nossa mente pode nos pregar peças e fazer com a vida perca o sentido prático. Experiências ruins, notícias ruins, reações de pessoas ruins, entre outras coisas, podem interferir diretamente na qualidade de nossos pensamentos. E é fato que pensamentos ruins geram ações igualmente ruins. Dessa maneira, um de nossos maiores desafios deve ser cuidar de nossa saúde mental da melhor maneira possível.

[mc4wp_form id=”13376″]

Olha só isso:

[supsystic-gallery id=496 position=center]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima