Carregue sua cruz com o auxílio de Jesus.
Quadrinhos Católicos

A maneira como você vive o sofrimento muda tudo

Não importam o que façam para evitar, todas as pessoas sofrem em algum momento da vida. O que realmente faz a diferença em suas vidas é a maneira como encaram as adversidades. O artigo de hoje quer te fazer pensar em como você tem vivido as dificuldades e apresentar uma maneira de dar um novo significado ao sofrimento.

Veja também:

Carregue a sua cruz

Muita gente fala o termo “carregar a cruz” de cada dia de uma maneira muito vazia. Quando falamos de cruz, devemos pensar Naquele que morreu nela por nós para vencer o pecado e a morte por nós. Ao olharmos para o sofrimento de Jesus Cristo e meditarmos sobre cada uma de suas chagas (segundo Santa Brígida, foram mais de 5 mil) passamos a perceber que o Senhor já venceu todas as dificuldades por nós.

Não importa o que você esteja passando, nenhum sofrimento se compara ao grande martírio de Jesus Cristo na cruz. Por isso, devemos apresentar a Ele nossos sofrimentos e contar com seu auxílio indispensável em toda batalha espiritual. Veja a ilustração a seguir para ajudar na sua meditação:

Não tente vencer todas as dificuldades sozinho. Muita gente acha que pode encarar esse mundo sem nenhum auxílio e nem tenta dar sentido aos seus sofrimentos. Lutar se o auxílio de Deus é loucura, e não perceber que os sofrimentos pavimentam o nosso caminho para o céu é um grande desperdício de energia, além de causar tristeza e desespero.

A partir de agora, diante dos seus sofrimentos, pense em Jesus Cristo e no seu imenso amor por ti. Essa nova postura vai mudar totalmente a maneira como você enfrenta as dificuldades.

Autor

Católico Apostólico Romano, Publicitário, funcionário público, ilustrador e blogueiro. Apreciador de quadrinhos, artes e tudo o que pode transformar vidas para melhor. Acredita que fé em Deus, conhecimento, troca de informações e experiências podem ajudar a construir um novo mundo.

Comments

Edson Carvalho
13 de agosto de 2020 at 15:44

A cruz que devemos carregar não são as dificuldades e sofrimentos que passamos nesta vida, ou as doenças, ou as pessoas difíceis que passam em nosso caminho. Ninguém pode acrescentar nada aos sofrimentos de Jesus na cruz por nós, e nada do que fazemos ou sofremos acrescenta ao sacrifício expiatório de Cristo. A crucificação era uma das execuções mais terríveis da época e todos sabiam o significado final de carregar a cruz, que era a morte. Quando Jesus disse isso, ele não havia ainda sido crucificado e os discípulos ainda não entendiam o que iria acontecer com o mestre. A cruz para eles significava a morte. Creio que o significado era radical e claro para os ouvintes: aquele que não está disposto a morrer para si mesmo, espiritualmente e, eventualmente, em meu nome, fisicamente, a cada dia, não é digno de mim.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *