Pessoas ingratas não evoluem espiritualmente e nem percebem as graças de Deus – Satirinhas
Satirinhas

Pessoas ingratas não evoluem espiritualmente e nem percebem as graças de Deus

Gosto de compartilhar minhas falhas e limitações nos quadrinhos para conversar com as pessoas nas redes sociais e também gosto de fazer perguntas para que meditemos juntos. Ao ler o Livro da Vida, de Santa Teresa d’Ávila, percebi que a Santa se acusa de maneira bem dura em faltas bem menores que as que eu cometo todos os dias. Essa Doutora da Igreja, ao perceber de onde Deus a tirou, nunca mais parou de louvar, adorar e agradecer Aquele que é o único digno de todo o nosso afeto.

Veja também:

A gratidão nos permite ir além

Todo milésimo de segundo é um milagre de Deus em nossa vida. Nenhum tempo de nossa história é ruim. Mesmo nos momentos mais difíceis da vida, o tempo concedido por Deus é uma bênção, e de um mal Ele pode tirar um bem.

Nas noites escuras, descobrimos a luz! Às vezes, dizemos que esta ou aquela época da nossa vida foi melhor ou pior. A verdade é que todas as épocas são boas, pois, em todos os momentos, a mão de Deus está presente. Em todas as situações, a misericórdia divina nos sustenta. E quanto mais tomamos consciência desta graça, mais somos movidos e tocados no íntimo do nosso coração, para dizermos e cantarmos: “obrigado, Senhor”!

Quando percebemos o que o Senhor faz por nós a cada dia, quando olhamos para trás e nos damos conta de que tudo contribuiu para o nosso crescimento, quando sentimos a presença de Deus em tudo isso, aprendemos a ser gratos. E através da gratidão, temos maior consciência da ação de Deus e abrimos as portas para novas e extraordinárias graças.

A vida é um verdadeiro conjunto de mistério, milagre e graça. Pois, ao começarmos a observar a beleza e a perfeição da natureza humana, é impressionante notar como Deus pensou em cada detalhe para criar a humanidade. Faz-nos bem contemplar a criação, sobretudo a do homem e da mulher. Observemos os sentidos, a corrente sanguínea, as juntas, os ossos, os nervos, os membros, os órgãos vitais; enfim, tudo é digno de admiração.

É mais admirável ainda porque Deus ficou encantado com a obra d’Ele e “viu que tudo era muito bom” (Gn 1,31). Nós somos imagem e semelhança do Criador. E se Ele se admirou, nós também somos chamados à contemplação e admiração da obra divina. Nessa contemplação, somos conduzidos ao respeito e ao cuidado, e esta imitação do Senhor nos impulsionará sempre na direção da defesa da vida em toda e qualquer circunstância.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nosso site, você concorda com tal monitoramento
Criado por WP RGPD Pro
Rolar para cima