Satirinhas – Página: 19 – Sua dose diária de entretenimento sem moderação!
Satirinhas

Sons da água, imagens da natureza e música agradável para quem precisa desacelerar

Se você sofre com a correria e o cansaço mental de cada dia, tire um tempo para relaxar ouvindo sons da água, músicas calmas e vendo imagens da natureza. Se você quer concentração para alguma tarefa importante, este conteúdo também pode te ajudar. Neste vídeo, você conhece um pouco mais de Rio Claro/RJ, a cidade onde moro. Futuramente, com a graça de Deus, farei vídeos em outras localidades.

Veja também:

Viver na correria não traz benefícios

Sabe aquela pessoa que vive na correria e dá a sensação de estar sempre ocupada com “coisas pra ontem”? Talvez você esteja vivendo assim, mas preciso te informar que isso não traz benefício algum. Pelo contrário, a agitação pode trazer problemas de saúde e te leva a não ter foco no que realmente importa.

Para ajudar os mais agitados, criei em meu canal uma série de vídeos com belas imagens e sons da natureza que podem acalmar as rotinas aceleradas. Faz bem dar uma pausa, meditar, falar com Deus e concentrar-se no seu verdadeiro objetivo. Acalme-se e assista:

Sons da água, imagens da natureza e música agradável – Rio Claro/RJ

Pare de atrapalhar Deus com sua ingratidão e veja o que isso fará com a sua vida

Uma pessoa ingrata, em vez de agradecer a Deus, apenas reclama e ainda fecha as portas do seu coração para a ação do Senhor. A humildade e a gratidão são virtudes sempre presentes em quem está evoluindo espiritualmente. O vídeo de hoje é um convite para refletirmos sobre como está o nosso relacionamento com Deus. Temos reconhecido o que Ele tem feito em nossas vidas ou apenas apresentamos uma lista de pedidos e reclamações?

Veja também:

A ingratidão cria barreiras

A pessoa ingrata não consegue perceber os milagres de Deus na sua vida e não se abre a novas graças. Quando não somos capazes de contemplar o belo e meditar sobre as grandes maravilhas e os benefícios diários, começamos a olhar para trás e também a ter medo do futuro, e nos tornamos pessoas amargas, que começam a regredir.

Deus nos dá o livre arbítrio e precisa que nosso coração esteja aberto para receber o que de melhor Ele tem para nós. Se você não tem fé, blasfema contra de Deus proíbe a ação Dele em sua vida, como pode ter a ousadia de reclamar?

É sobre isso que falo no vídeo que você acompanha a seguir. Já aproveito para pedir que inscreva-se no canal e compartilhe esse conteúdo para que chegue a mais pessoas.

Pare de atrapalhar Deus com sua ingratidão

Sobre a gratidão, nos fala o Pe. Bruno, da Comunidade Canção Nova:

Nós sabemos que Deus sempre lembra-se de nós, mas somos nós que esquecemos muito fácil de Deus. Não podemos nos acostumarmos com as coisas de Deus, porque todos os dias precisamos renovar nossas forças.

Será que estamos edificados e as nossas conversas têm nos levado ao céu ou são murmurações? Quantas vezes nossas revoltas nos fazem caminhar para lugares ruins e precisamos entender que, as coisas que acontecem na nossa vida, elas têm um propósito.

É preciso estar com o coração agradecido, porque tudo que nos acontece é para nos favorecer. Precisamos entender que tudo tem um motivo, e sempre devemos ter um olhar de esperança.

Não sei o que te falta, nem o que tem passado, mas, se abrirmos nossa boca para agradecer, mais milagres acontecerão. É preciso dar graças a todo momento, seja na alegria ou na tristeza. 

Descubra a quem o demônio mais persegue e surpreenda-se

Quem o demônio mais tenta? A surpreendente resposta de São João Maria Vianney que você acompanhará neste artigo explica o motivo pelo qual muitas pessoas vivem “tranquilamente” no pecado, como se fossem estimuladas a continuar com a má vida.

Veja também:

O pecado e a perseguição do demônio

Denunciar o pecado gera ódio no pecador, pois é muito cômodo permanecer no erro quando se está cego pelo prazer e pela “vida fácil”. O problema é que a vida fácil não leva para o Céu, e quanto mais prazer momentâneo e facilidades nós buscamos, mais nos afastamos de Deus. Convertei-vos e crede no Evangelho! Tomemos nossas cruzes e sigamos o verdeiro Jesus Cristo!

Quem o demônio mais persegue?

Acompanhe o trecho de um sermão de São João Maria Vianney na sequência de imagens a seguir e perceba quem o demônio mais persegue:

São João Maria Vianney sobre o demônio
São João Maria Vianney sobre o demônio
São João Maria Vianney sobre o demônio
São João Maria Vianney sobre o demônio
São João Maria Vianney sobre o demônio
São João Maria Vianney sobre o demônio

Essas artes foram feitas para a nossa iniciativa de evangelização pelo Instagram. Siga-nos aqui.

E para você que quer compartilhar esse texto impactante, a seguir também tem a versão em texto:

‘‘A quem o demônio mais persegue? Talvez você ache que as pessoas que são mais tentadas, são indubitavelmente,os beberrões, os provocadores de escândalos, as pessoas imodestas e sem vergonha que deitam e rolam na sujeira e na miséria do pecado mortal, que se enveredam por toda espécie de maus caminhos.

Não, meu caro irmão! Não são essas pessoas! Ao contrário, o demônio as deixa de lado, ou seja, ele se apoia nelas enquanto elas vivem, porque do contrário ele não teria tanto tempo para fazer o mal.

Isso porque, quanto mais tempo essas pessoas viverem, mais seus maus exemplos arrastarão outras almas para o Inferno.

Assim, você me perguntaria:então quem são as pessoas mais tentadas?São estas meus caros amigos, observem-nas atentamente. As pessoas mais tentadas são aquelas que estão prontas, com a graça de Deus,a sacrificar tudo pela salvação de suas pobres almas, que renunciam a todas as coisas que a maioria das pessoas buscam ansiosamente.

E não é um demônio só que as tenta, mas milhões de demônios procuram armar-lhe ciladas.’’

(Trecho de um dos sermões de São João Maria Vianney)

O namoro pode ser uma ocasião de pecado e é preciso tomar muito cuidado

Namorar é algo que naturalmente te aproxima de muitos perigos. O olhar já nos aproxima do pecado quando vemos com malícia uma pessoa, mas no namoro, onde há mais proximidade e a possibilidade de beijos e abraços, o perigo é ainda maior.

Veja também:

Namoro não é tempo de sexo

Namoro não é tempo de relações sexuais. As relações sexuais possuem função unitiva e procriativa, e só devem acontecer dentro do matrimônio.

Muitas vezes, no decorrer de um namoro, a intimidade vai aumentando e aquilo que começou de maneira casta vai esquentando e os dois perdem o controle. Sentimentos verdadeiros e propósitos firmes precisam ser vigiados para que não transformem-se em uma paixão carnal. O casal precisa contar com a graça de Deus e fazer a sua parte para não cair.

Namoro é tempo de conhecer

O namoro é um tempo para conhecer com profundidade a pessoa com a qual você tem intenção de casar. Você deve entender as imperfeições do outro, conhecer a família e entender se é mesmo essa pessoa que quer ao seu lado por toda a vida.

Assista o vídeo a seguir, onde Frei Gilson entra em muitos detalhes (bem claros) sobre os perigos no namoro.

Namoro

Ser casto no namoro é a melhor maneira de você se preparar para o casamento. Entenda o valor do corpo humano e também o valor de uma família estruturada, que foi baseada no respeito, na fé e confirmada pelo sacramento do matrimônio.

Pessoas ingratas não evoluem espiritualmente e nem percebem as graças de Deus

Gosto de compartilhar minhas falhas e limitações nos quadrinhos para conversar com as pessoas nas redes sociais e também gosto de fazer perguntas para que meditemos juntos. Ao ler o Livro da Vida, de Santa Teresa d’Ávila, percebi que a Santa se acusa de maneira bem dura em faltas bem menores que as que eu cometo todos os dias. Essa Doutora da Igreja, ao perceber de onde Deus a tirou, nunca mais parou de louvar, adorar e agradecer Aquele que é o único digno de todo o nosso afeto.

Veja também:

A gratidão nos permite ir além

Todo milésimo de segundo é um milagre de Deus em nossa vida. Nenhum tempo de nossa história é ruim. Mesmo nos momentos mais difíceis da vida, o tempo concedido por Deus é uma bênção, e de um mal Ele pode tirar um bem.

Nas noites escuras, descobrimos a luz! Às vezes, dizemos que esta ou aquela época da nossa vida foi melhor ou pior. A verdade é que todas as épocas são boas, pois, em todos os momentos, a mão de Deus está presente. Em todas as situações, a misericórdia divina nos sustenta. E quanto mais tomamos consciência desta graça, mais somos movidos e tocados no íntimo do nosso coração, para dizermos e cantarmos: “obrigado, Senhor”!

Quando percebemos o que o Senhor faz por nós a cada dia, quando olhamos para trás e nos damos conta de que tudo contribuiu para o nosso crescimento, quando sentimos a presença de Deus em tudo isso, aprendemos a ser gratos. E através da gratidão, temos maior consciência da ação de Deus e abrimos as portas para novas e extraordinárias graças.

A vida é um verdadeiro conjunto de mistério, milagre e graça. Pois, ao começarmos a observar a beleza e a perfeição da natureza humana, é impressionante notar como Deus pensou em cada detalhe para criar a humanidade. Faz-nos bem contemplar a criação, sobretudo a do homem e da mulher. Observemos os sentidos, a corrente sanguínea, as juntas, os ossos, os nervos, os membros, os órgãos vitais; enfim, tudo é digno de admiração.

É mais admirável ainda porque Deus ficou encantado com a obra d’Ele e “viu que tudo era muito bom” (Gn 1,31). Nós somos imagem e semelhança do Criador. E se Ele se admirou, nós também somos chamados à contemplação e admiração da obra divina. Nessa contemplação, somos conduzidos ao respeito e ao cuidado, e esta imitação do Senhor nos impulsionará sempre na direção da defesa da vida em toda e qualquer circunstância.

Rolar para cima