Satirinhas – Página: 82 – Sua dose diária de entretenimento sem moderação!
Satirinhas

Seja uma pessoa criativa com dicas simples e práticas

Muitas vezes, as mudanças mais importantes para uma vida melhor estão nos pequenos detalhes. Por exemplo, se você quer ser uma pessoa mais criativa, existem práticas simples que podem ser adotadas no seu cotidiano com esse objetivo. No artigo de hoje vamos aprender um pouco mais sobre a criatividade e alguns segredos das pessoas criativas.

A saideira que nunca acaba e o efeito anestésico do vício

Quem possui algum tipo de vício vive preso a essa triste realidade e precisa de ajuda. Todo vício tem um efeito anestésico, reduz a percepção e “tira o indivíduo da realidade”. Digo entre aspas, pois a realidade continua a mesma, o indivíduo é que fica tão prejudicado pelo vício que acaba não mais percebendo nada. Se esconder nos vícios é covardia, é tentar fugir da realidade, mas quando chega em um ponto grave, o indivíduo precisa de ajuda especializada.

Calango Lengo – Morte e Vida Sem Ver Água, uma divertida animação

Hoje você vai assistir uma animação tipicamente brasileira. Feita aqui, ambientada no nordeste, ela nos fala sobre a fé de um povo sofrido que não perde a fé, representado pelo calango que sofre com a seca. A produção é de 2008, mas continua muito atual e vale a pena ver pela qualidade da criação.

A amizade fofa entre uma gatinha e um Pastor Alemão nas histórias de Pixie e Brutus

Hoje você vai conhecer a linda história de amizade entre Pixie e Brutos.
Nos quadrinhos de Benjamin Hed, a pequena gatinha Pixie e o grande pastor alemão Brutus nos dão diversas lições de vida e nos inspiram para um melhor comportamento na sociedade. Vamos acompanhar e buscar viver com mais amor e empatia?

A vida imita a arte e As Crônicas de Wesley imitam o fracasso da humanidade

Nunca o fracasso da humanidade, seus problemas e histórias divertidas, foram tão bem retratados com as simples artes das Crônicas de Wesley. Hoje você verá como a vida imita a arte e como as pessoas podem sofrer com pequenas derrotas e dificuldades no cotidiano.

Rolar para cima