Altair Fonseca vídeos

Altair Fonseca vídeos

Pare de atrapalhar Deus com sua ingratidão e veja o que isso fará com a sua vida

Uma pessoa ingrata, em vez de agradecer a Deus, apenas reclama e ainda fecha as portas do seu coração para a ação do Senhor. A humildade e a gratidão são virtudes sempre presentes em quem está evoluindo espiritualmente. O vídeo de hoje é um convite para refletirmos sobre como está o nosso relacionamento com Deus. Temos reconhecido o que Ele tem feito em nossas vidas ou apenas apresentamos uma lista de pedidos e reclamações?

Veja também:

A ingratidão cria barreiras

A pessoa ingrata não consegue perceber os milagres de Deus na sua vida e não se abre a novas graças. Quando não somos capazes de contemplar o belo e meditar sobre as grandes maravilhas e os benefícios diários, começamos a olhar para trás e também a ter medo do futuro, e nos tornamos pessoas amargas, que começam a regredir.

Deus nos dá o livre arbítrio e precisa que nosso coração esteja aberto para receber o que de melhor Ele tem para nós. Se você não tem fé, blasfema contra de Deus proíbe a ação Dele em sua vida, como pode ter a ousadia de reclamar?

É sobre isso que falo no vídeo que você acompanha a seguir. Já aproveito para pedir que inscreva-se no canal e compartilhe esse conteúdo para que chegue a mais pessoas.

Pare de atrapalhar Deus com sua ingratidão

Sobre a gratidão, nos fala o Pe. Bruno, da Comunidade Canção Nova:

Nós sabemos que Deus sempre lembra-se de nós, mas somos nós que esquecemos muito fácil de Deus. Não podemos nos acostumarmos com as coisas de Deus, porque todos os dias precisamos renovar nossas forças.

Será que estamos edificados e as nossas conversas têm nos levado ao céu ou são murmurações? Quantas vezes nossas revoltas nos fazem caminhar para lugares ruins e precisamos entender que, as coisas que acontecem na nossa vida, elas têm um propósito.

É preciso estar com o coração agradecido, porque tudo que nos acontece é para nos favorecer. Precisamos entender que tudo tem um motivo, e sempre devemos ter um olhar de esperança.

Não sei o que te falta, nem o que tem passado, mas, se abrirmos nossa boca para agradecer, mais milagres acontecerão. É preciso dar graças a todo momento, seja na alegria ou na tristeza. 

Como vou ouvir Deus se não consigo parar de falar? Os Santos nos mostram o que fazer

No mundo atual, cada vez mais as pessoas são estimuladas a falar e a acelerar de diversas formas, mas como vamos ouvir a voz de Deus se não calamos nem a nossa voz, nem a falação da nossa agitação interior em pensamentos desordenados? Precisamos nos abandonar à Providência Divina e ter mais de fé de que Ele tem o melhor para nós.

Veja também:

A ansiedade e a inquietação podem ser vencidas na entrega a Deus

Estamos cada vez mais ansiosos e inquietos porque queremos ter o controle absoluto sobre cada milímetro de nossas vidas, mas uma grande verdade é que não podemos controlar tudo. Aliás, muitas coisas estão cada vez mais fora de nosso controle. Pensar nisso, pode agitar ainda mais algumas pessoas, mas a solução é nos abandonarmos à Providência Divina, fazendo a nossa parte e tendo a fé de que Deus tem o melhor para nós.

A seguir, assista a um vídeo do meu canal em que falo exatamente sobre isso:

Como vou ouvir Deus se não consigo parar de falar?

Ato de Abandono

Ó meu Deus, eu não sei o que hoje me há de suceder, ignoro-o por completo; mas sei certamente que nada poderá acontecer-me que Tu não tenhas previsto, regulado e ordenado de toda a eternidade, e isto me basta. Adoro os teus desígnios impenetráveis e eternos e a eles me submeto de todo o coração. Quero tudo, aceito tudo e uno o meu sacrifício ao de Jesus Cristo, meu divino Salvador. Peço-Te, em seu nome e pelos seus merecimentos infinitos, paciência nas minhas penas e submissão perfeita e inteira a tudo o que me suceder segundo Teu divino beneplácito.

Assim Seja

Já viu o que você tem perdido por não ouvir? Algumas lições com São João Maria Vianney

No barulho do mundo atual, acabamos ficando totalmente surdos para tudo o que é mais valioso e pode transformar nossas vidas. Quando só ouvimos as distrações e não ouvimos a Deus, caímos na ansiedade, no desespero, no pecado, na tristeza e na morte. Acalme seu interior e ouça a voz de Deus. Para isso, hoje contamos com o auxílio de São João Maria Vianney.

Veja também:

O arrependimento pelas falhas e a vontade de ser melhor

Há uma grande evolução em nossas vidas quando permitimos que a graça de Deus atue em nós, de maneira que nos arrependamos de nossas falhas e tentemos ser pessoas melhores. Precisamos viver esse movimento de busca e prática das virtudes, sempre tentando colocar no lugar de um mal o seu bem equivalente.

Não podemos parar. Ser uma pessoa melhor em Deus é um projeto diário. Se falo muito, vou buscar me controlar e ter mais discernimento no falar. Se caio na gula, buscarei um maior controle sobre minha alimentação. Se sou pecador (e todos nós somos), pedirei a graça de Deus para vencer esse pecado.

O vídeo a seguir nos traz o auxílio de São João Maria Vianney, um Santo que chorava pelos pecados da humanidade.

Já viu o que você tem perdido por não ouvir?

Seu coração é dócil ou duro? Descubra o enorme peso que você pode estar carregando

É melhor ter um coração dócil, capaz de amar, que se entrega pelo bem do próximo ou ter um coração duro, egoísta, que não aceita nenhuma opinião? Mesmo que a resposta pareça óbvia, nem todo mundo tem vivido a opção correta. Tem sido muito fácil perceber a dureza de coração em todos os meios e você já deve ter notado isso, mas o que perde uma pessoa que tem o coração duro?

Veja também:

Ninguém é feliz sem tentar ser uma pessoa melhor

Quando dizemos frases como “eu sou assim mesmo e nunca vou mudar” demonstramos uma rigidez típica da pessoa que tem o coração duro e não quer evoluir a cada dia. Perceber nossos erros e buscar melhorar é indispensável para que sejamos pessoas renovadas, que crescem com a graça de Deus.

Uma verdade que algumas pessoas estão começando a descobrir (e eu descobri quebrando a cara) é que ninguém é feliz sem tentar ser uma pessoa melhor. Quem tem conforto e prazeres e não tenta ser útil para ninguém, vive buscando doses cada vez mais elevadas de satisfação em coisas sem valor. É fácil notar os casos de pessoas ricas, com todo o conforto, mas que decidem desistir da vida. Por outro lado, vemos famílias pobres financeiramente, mas cheias de fé e amor. Digo pobres financeiramente porque são ricas de Deus e esse é o verdadeiro tesouro.

Para resumir tudo isso, fiz um vídeo com algumas constatações para pessoas de coração duro. Vamos rezar juntos para cultivarmos um coração dócil, capaz de amar e de ser moldado por Deus?

Seu coração é dócil ou duro? Descubra o enorme peso que você pode estar carregando

Quando nos afundamos no mal e precisamos desatolar, só existe uma saída

Você não é realmente livre quando não consegue deixar de fazer aquilo que te destrói. Vivemos cercados de estímulos e ideologias que nos afastam de tudo o que é verdadeiramente bom e faz bem. Muito facilmente a humanidade tem caído em armadilhas e realiza escolhas precipitadas, que levam ao pecado e ao sofrimento.

Veja também:

Quando nos afundamos no mal e precisamos desatolar

Muita gente chama o pecado de felicidade, os vícios de alegria, a destruição do próprio corpo de liberdade. Não podemos cair na armadilha e sermos aprisionados em escolhas que nos trazem a infelicidade e a morte. Fazer o que te prejudica e não conseguir parar, isso não pode ser chamado de felicidade.

Assista a seguir um vídeo de meu canal sobre essa realidade, e se considerar útil, inscreva-se no canal e compartilhe o conteúdo.

Quando nos afundamos no mal e precisamos desatolar
Rolar para cima