carros

carros

Saiba as vantagens de adquirir um seguro automotivo

O seguro automotivo é uma necessidade para todo mundo que possui um carro ou moto. Não apenas porque ele protege em casos de roubo ou furto, mas também pelo fato de poder te auxiliar em situações inesperadas, como acidentes e problemas com o automóvel.

De qualquer forma, o que mais pesa na hora de contratar um seguro é a insegurança. Infelizmente, no Brasil, o roubo de carros é uma prática comum e alguns modelos são mais visados pelos ladrões do que outros.

Comprar um veículo e perdê-lo é um grande prejuízo, principalmente para quem ainda está pagando o financiamento. O melhor a se fazer, então, é prevenir essas situações.

Quem tem seguro está mais protegido, não apenas contra roubos e furtos, mas também contra imprevistos que podem dar um pouco de dor de cabeça.

Ou seja, existem inúmeras razões para você proteger o seu carro ou moto com um bom seguro agora mesmo, e poder usá-lo por aí tranquilamente.

Pensando nisso, neste artigo, vamos explicar o que é seguro automotivo, como funciona, sua importância, além de seus tipos e quais são as vantagens.

Temos certeza de que depois de ler este texto, você estará pronto para escolher o melhor seguro para o seu automóvel. Vamos lá!

seguro para automóvel
Fonte da imagem: Pexels.

O que é seguro automotivo?

Para não restar dúvidas ao longo deste texto, neste primeiro momento, vamos explicar o que é seguro automotivo.

Também conhecido como seguro veicular, no Brasil, ele é dividido em dois grupos, sendo o seguro obrigatório (DPVAT) e o seguro opcional, pago à parte pelos proprietários de veículos, caso desejarem.

O seguro opcional garante uma indenização para diversas ocorrências a que estão sujeitos os motoristas, tais como:

  • Acidentes de trânsito;
  • Roubo ou furto;
  • Fenômenos naturais;
  • Danos a terceiros;
  • Entre outros.

Então se, por exemplo, você se envolveu em um pequeno acidente e amassou a lataria de um veículo terceiro, a seguradora garante o martelinho de ouro pequenos amassados para reparar os danos.   

As coberturas podem ser personalizadas, de acordo com as necessidades dos motoristas e também de suas possibilidades financeiras.

O funcionamento do seguro é bem simples. Após ser contratada, a seguradora vai até a concessionária ou ao local onde está o carro e faz uma vistoria.

Nessa vistoria, são levantadas as condições do automóvel, bem como algumas informações, como número de chassi, placa, ano de fabricação, etc.

Feita essa verificação, o proprietário já está segurado e pode começar a usufruir do seguro. Quando houver uma ocorrência, como roubo, por exemplo, basta entrar em contato com a seguradora e abrir o sinistro.

Os trâmites em cada ocasião dependem do contrato, mas tudo o que estiver sendo coberto pelo seguro deve ser cumprido.

Afinal, qual sua importância?

Agora que você já sabe o que é e como funciona o seguro veicular, vamos falar sobre a sua importância.

Tudo o que pertence a um automóvel tem valor, desde o escapamento de carro até o volante. Logo, por mais que não nos damos conta, estamos expostos a diversos riscos diariamente.

Os imprevistos acontecem e eles podem nos expor a despesas inesperadas, como troca de peças, oficinas de funilaria e até despesas hospitalares, em casos de acidentes graves.

Os roubos são situações estressantes porque podem envolver danos ao veículo ou até mesmo a necessidade de comprar um novo, caso não seja mais localizado.

Em situações como essa, fica difícil manter a calma quando não contamos com a assistência de um bom seguro.

Mesmo em situações simples, como consertar um amassado em uma oficina de funilaria, o respaldo de uma seguradora é muito valioso.  

Analisando a sua situação hoje, que tipos de custos você teria condições de arcar se algum imprevisto acontecer com o seu carro?

É importante pensar sobre este aspecto e considerar a contratação de um seguro. Você poderá transitar com o automóvel tranquilamente, sabendo que ocasiões desagradáveis poderão ser facilmente resolvidas.

Não apenas o seu carro estará protegido, como também o seu bolso. O valor que você vai investir no seguro pode assumir despesas muito maiores do que o preço que você vai pagar o ano todo.

Imagine, por exemplo, acertar a traseira de um carro importado. Com certeza as despesas vão doer muito no seu orçamento.

Sem falar que, se você ainda estiver pagando o financiamento do seu carro ou moto, ou ainda tiver acabado de fazer a troca de oleo motor e outras manutenções, não terá que lamentar caso ele seja roubado.

Acredite, é mais comum do que você possa imagina ter o carro roubado antes mesmo de pagar a primeira parcela e nunca mais encontrá-lo. Ou seja, a pessoa vai arcar com o pagamento de um financiamento sem ter o automóvel.

É por essas razões que ter um seguro é fundamental, e o melhor de tudo é que você pode escolher entre diferentes tipos de cobertura, como veremos a seguir.

Tipos de seguro veicular

Existem vários tipos de seguro para automóveis, como os que cobrem danos ao carro ou moto. Aqui, podem ser cobertos incêndios, furtos e roubos, colisões e outras situações que garantem ao segurado uma indenização.

Se você tiver problemas com o funcionamento do carro, pode contar com um reboque para carros de passeio, além de coberturas extras para itens como para-brisa, faróis, retrovisores, kit gás, aparelhos multimídia, chaveiro, automóvel reserva e muito mais.

Também existe um tipo de seguro que cobre danos ao motorista e aos passageiros, visto que alguns acidentes podem ter consequências mais graves.

Esse padrão de seguro cobre despesas médicas e hospitalares, invalidez permanente e até mortes. Portanto, é uma maneira de proteger a si mesmo e a todos no trânsito.

Ainda, é possível optar pelos seguros que cobrem danos a terceiros, que se enquadram na categoria de Responsabilidade Civil Facultativa Veicular (RCF-V).

Esse seguro cobre qualquer tipo de dano corporal, material ou moral às pessoas que se envolveram em um acidente.

São situações que podem ocorrer com qualquer tipo de condutor, mesmo aqueles que já passaram pelo processo de tirar cnh definitiva.

Então, caso você precise arcar com os danos do acidente provocado por você (segurado), a seguradora é quem fica responsável pelas despesas, incluindo o pagamento de advogados e processos judiciais.

No entanto, é importante ressaltar que o pagamento das coberturas só será válido se o condutor respeitar as regras de trânsito e do próprio contrato, por exemplo, não permitindo que pessoas que não estão na apólice dirijam o veículo.

Benefícios do seguro para automóveis

Existem muitas vantagens para os motoristas que contratam um seguro de carro, assim que compram o bem ou fazem emplacamento de veículo. Dentre as principais:

1 – Maior tranquilidade

Este, sem dúvidas, é o maior benefício para quem contrata um seguro automotivo. Nada como dirigir tranquilo e saber que tanto você quanto o seu veículo estarão protegidos de muitas situações imprevistas.

Não apenas o motorista, como também os passageiros poderão circular com o automóvel tranquilamente, sem se preocupar com possíveis contratempos.

2 – Ressarcimento em casos de roubo ou furto

Comprar um automóvel, para a maioria dos brasileiros, requer muito esforço, o que significa que sua perda é um grande prejuízo.

Um seguro te protege de roubos e danos sérios ao seu carro, evitando que você perca totalmente o seu bem por conta das mais variadas situações.

3 – Situações de reboque

Por mais que as revisões veiculares estejam em dia, os carros podem apresentar algum problema que paralisem seu funcionamento ou que não possam ser resolvidos no local do acontecimento.

Nesses casos, é necessário contar com um reboque, um serviço caro que muitas vezes pega os motoristas desprevenidos. O seguro pode arcar com essa despesa e evitar que você precise pagar por ela.

4 – Proteção contra fenômenos naturais

O seguro também apoia seus contratantes em ocorrências que fogem totalmente do controle, como chuvas, enchentes, vendavais, quedas de árvores, entre outras.

Por mais que o motorista seja prudente e conheça um bom chaveiro automotivo 24 horas, as catástrofes naturais acontecem repentinamente e podem causar grandes estragos e prejuízos aos automóveis.

5 – Proteção durante as viagens

Você pode contratar um seguro de abrangência nacional, ou seja, independentemente de onde você esteja com seu carro dentro do país, poderá contar com o respaldo da seguradora.

Portanto, quem gosta ou tem a necessidade de viajar com frequência, precisa contar com a segurança desse serviço, afinal, tanto na estrada quanto no destino você terá todo o apoio que precisar.

Conclusão

Ter um carro ou uma moto é uma necessidade hoje em dia, visto que ele torna o nosso cotidiano muito mais prático. Mesmo que você use muito pouco, cada vez que precisa dirigi-lo, pode correr um risco diferente.

Então, o melhor é não arriscar e proteger o seu veículo contra qualquer imprevisto que possa aparecer em seu caminho. Basta escolher o melhor tipo de seguro para você e aproveitá-lo.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Cuidados essenciais para o seu carro

Ter um veículo é o sonho de liberdade de muitas pessoas. Entretanto, é preciso ficar atento aos cuidados com o carro para conseguir manter um padrão de qualidade enquanto dirige.

Alguns cuidados, como higienização interna automotiva, podem ser um grande diferencial para manter o veículo em ordem e funcionando corretamente.

Alguns cuidados devem ser levados com muita atenção, pois são simples e podem estender a vida útil do carro durante muito tempo. 

É importante incorporar em sua rotina com o carro a vistoria desses elementos, para  economizar dinheiro e tempo, bem como melhorar a saúde de seu veículo.

direção
Fonte da imagem: Pexels.

Veja quais cuidados são essenciais 

Alguns elementos de seu veículo podem ser analisados gratuitamente, simplesmente parando em um posto de gasolina, como é o caso do óleo e da água. Isso permite que o carro continue servindo sua função enquanto te dá mais tranquilidade para rodar.

1. Manutenção de motor

O motor é o coração de um veículo. É ele que faz todo o mecanismo funcionar, permitindo que você utilize o carro. Essa parte deve ser considerada essencial dentre os cuidados com o carro que você pode vir a ter.

É ideal sempre ficar de olho quando estiver dirigindo, tomando muito cuidado com barulhos estranhos e mudanças bruscas no comportamento do carro, que podem identificar problemas no motor.

Além disso, problemas no motor muitas vezes acabam expelindo fumaça, dessa forma a identificação da situação se torna mais rápida.

2. Limpeza

Parece um conceito bobo, mas a limpeza do carro pode ser um grande diferencial para sua direção. A sensação de dirigir um veículo limpo é de bem-estar e pode tornar a jornada muito mais confortável.

O que muitas pessoas deixam passar despercebido é que esta é uma das etapas mais importantes para a manutenção do espaço interno do veículo. 

Existem algumas opções mais em conta de lavagem, mas mesmo assim você pode optar por fazer a higienização em casa mesmo.

Nesses casos, basta utilizar um aspirador de pó, um pano molhado ou estopa e objetos comuns de limpeza para deixar o carro em ordem. 

Se você deixar passar muito tempo, a sujeira pode acabar impregnando no veículo, o que diminui sua vida útil e deprecia o valor no caso de venda do automóvel.

Serviços como o de polimento cristalizado, além de esteticamente deixar o carro mais bonito, podem ser de grande ajuda na proteção de impactos naturais que o veículo sofre.

3. Óleo e água

Esses dois itens podem dar muita dor de cabeça se não forem analisados corretamente. É um procedimento muito simples, que pode ser feito pelo frentista quando você for abastecer o carro.

Manter o nível do óleo em ordem pode impedir falhas no motor, enquanto a água é responsável diretamente pelo sistema de resfriamento do carro. A manutenção desses itens também é barata, e muitos postos de gasolina têm uma área reservada para essas trocas.

É importante verificar o tipo de óleo que seu veículo utiliza. Se a opção for o óleo hidráulico 68, você deve utilizar especificamente esse tipo de produto para não ter problemas futuramente.

Essa manutenção simples e barata pode evitar alguns dos maiores gastos com um veículo.

4. Pintura

A pintura do carro é um elemento estético de reconhecimento imediato, além de ser uma camada de proteção contra efeitos meteorológicos.

Por isso, sempre que possível proteja-a, evitando a exposição prolongada do sol para que os raios ultravioleta não danifiquem a tintura.

Se você mora em uma cidade com praia, redobre os cuidados com esse tipo de material, uma vez que a areia e a maresia podem corroer a tinta e danificar o carro.

5. Ignição

A ignição do carro é um item muito sensível. Colocar a chave do carro junto de suas outras chaves pode fazer um peso maior do que o equipamento suporta, danificando-o e gerando um gasto desnecessário.

Procure colocar a chave do carro em um chaveiro próprio separado de suas outras chaves, assim você evita problemas uma vez que a utilização da ignição é diária.

Às vezes, o problema está na partida elétrica do veículo. Quando o caso é esse, é importante verificar se a bateria para carro 60 amperes ainda está carregada. A falta desse tipo de manutenção pode te deixar na mão, então tome cuidado.

6. Peso do veículo

Um veículo tem um limite de peso que ele pode carregar. Essa informação sempre aparece no manual do carro, e deve ser levada muito a sério.

O excesso de peso em um veículo é responsável pelo desgaste de peças importantes, como a suspensão. Por isso sempre ande com o veículo mais leve que seu limite de carga.

Às vezes é necessário fazer um serviço de restauração de carros para reparar os problemas que podem surgir da utilização do veículo com excesso de carga.

7. Ar Condicionado

Um dos opcionais mais solicitados no veículo, o ar condicionado tem alguns cuidados específicos que devem ser levados em conta. Primeiramente, por gastar combustível para seu funcionamento, é ideal que você evite utilizá-lo sem necessidade.

Para trajetos curtos ou em dias com mais vento, prefira abrir as janelas e utilizar a ventilação natural, isso evita o desgaste do ar condicionado e ajuda a economizar combustível.

Entretanto, não ligar o ar condicionado pode acabar fazendo o gás interno que ativa o ar frio entupir ou dar outros problemas. O ideal nesse caso é ligar, pelo menos para ativar as funcionalidades, e então desligar para seguir a jornada.

Não fazer isso pode acabar te dando uma surpresa desagradável quando o verão chegar, uma vez que o ar condicionado pode parar de funcionar.

8. Vidros

Os vidros são componentes extremamente sensíveis de um carro. Diariamente, veja o estado de cada um deles e se precisam de qualquer tipo de reparo.

O limpador de para-brisa muitas vezes, após um determinado desgaste, pode fazer pequenos riscos e rachaduras no vidro, portanto é uma peça que requer manutenção constante para evitar algo pior.

Alguns materiais utilizados também podem gerar um desgaste maior do vidro, portanto o ideal é evitar qualquer tipo de dano, ficando de olho no desgaste natural para fazer qualquer reparo necessário.

Cuidados com veículos a longo prazo

É muito importante também levar em conta que algumas manutenções demoram mais tempo para acontecer, mas são tão importantes quanto as análises diárias.

O mais importante para você utilizar seu carro com tranquilidade é garantir que a documentação esteja em dia. Para isso, você deve conferir:

  • IPVA;
  • DPVAT;
  • Licenciamento;
  • Quitação de multas.

Sem esses documentos em dia, seu carro não tem a licença de uso, e caso seja parado em uma batida policial ele pode ficar retido, além de você cometer uma infração de trânsito.

Se você trabalha com o veículo e possui alguma necessidade especial, é importante ter também ter a carteira nacional de habilitação pcd

Muitos proprietários de veículos gostam de modificar alguns elementos, e muitas vezes durante uma manutenção costumamos buscar opções mais baratas entre peças alternativas.

Entretanto, para um melhor funcionamento do veículo, opte sempre por peças originais. Essas peças costumam compensar o valor um pouco mais elevado na durabilidade e segurança, além de não desvalorizar o carro no momento da venda ou troca.

O emplacamento de carro é um caso especial, e obrigatoriamente precisa ser original, validado por um órgão regulamentador público.

Algumas manutenções devem ser colocadas em uma rotina construída por você, pois são elementos de segurança do veículo e devem ser levados a sério.

A embreagem é a parte do automóvel responsável pela mudança de marchas, que dá força ao motor.

Evite deixar seu pé descansando em cima dela em sinais vermelhos, e use a embreagem somente quando necessário. Dessa forma, você consegue manter a qualidade da peça e evita riscos.

Os pneus do carro também podem ficar carecas e causar um acidente de trânsito. Para evitar isso, programe-se para realizar uma rotina de rodízio das rodas, incluindo o estepe, mantendo assim os pneus sempre seguros.

Tome cuidado com os freios, eles são um equipamento básico de segurança, e qualquer problema neles pode ser muito perigoso.

Por isso, busque dirigir de forma defensiva, evitando qualquer tipo de freada brusca que possa desregular o disco, além de proteger a você e quem estiver no veículo

A direção defensiva pode ser o grande diferencial entre se envolver ou não em um acidente. Dirigir de forma cautelosa é a melhor forma de evitar gastos com reparos do veículo e evitar sofrer algum tipo de dano em um acidente.

Se você mantiver seu carro sempre em dia, limpo e higienizado com parafina líquida e com a documentação e reparos em ordem, ele poderá ser uma ferramenta de grande ajuda, e seus cuidados diminuirão a desvalorização que o veículo passa conforme é utilizado.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

5 coisas inusitadas encontradas em carros por mecânicos

Já pensou qual seria a sua reação ao consertar um veículo e se deparar com algo inusitado ou indesejado dentro dele? Alguns mecânicos acabaram encontrando coisas desse tipo. Após esse post, você com certeza vai olhar o seu veículo duas vezes antes de entregá-lo a um profissional para realizar procedimentos no seu interior. De fato, é quase impossível acreditar que coisas assim podem acontecer. 

As vendas de carros mais engraçadas da internet

Como o brasileiro é o povo mais zoeiro e criativo do mundo, é de se esperar que na internet exista muita coisa engraçada sobre venda de carros. É exatamente sobre isso que vamos falar hoje: as vendas de carro mais engraçadas da internet.

A propaganda é a alma do negócio, e em tempos de concorrência acirrada pela atenção do cliente, as pessoas e empresas que desejam vender veículos precisam caprichar na criatividade e usar todos os meios possíveis. Ofertas especiais e características únicas de alguns veículos precisam ser anunciadas com máxima astúcia para convencer os compradores mais céticos.

Rolar para cima