curiosidades

curiosidades

Atriz de As branquelas faz pornô

A bela atriz de As branquelas, trabalha agora como atriz de videos de sexo xxx  e o que ela tem a dizer sobre isso pode te chocar!

Ela declarou que o mundo dos filmes adultos é “menos degradante” do que o mundo de Hollywood.

Maitland Ward

Segundo Maitland Ward, os papéis dados a ela eram muito chatos e limitantes, e hoje ela estaria ganhando muito mais encenando em filmes eróticos.

Também ficou muito conhecida por seu papel na série “O Mundo é dos Jovens”, da Disney.

Bela milf

A bela atriz, hoje ruiva, confessa se sentir muito empoderada ao atuar em filmes de sexo, e que sente um enorme prazer quando seus fãs dizem estarem muito felizes com a mudança.

Apesar de seus 43 anos, Maitland Ward parece ter melhorado sua aparência física. O tempo parece ter lhe feito muito bem.

A combinação de seus belos cabelos ruivos compridos, e olhos claros, além de um corpo estonteante, com certeza dá em ótimos papéis.

Diferentes gostos

mundo pornô pode oferecer uma vasta gama de vídeos diferentes. Qual o seu gosto? Te convido a ver a página de vídeos sex log que montei para tentar satisfazer as suas fantasias mais secretas.

Lá os casais estão em vídeos muito à vontade para te mostrar um pouquinho da vida sexual.

Música calma e imagens da natureza para quem precisa relaxar

Em tempos de agitação, é necessário ter os momentos de paz, descanso e relaxamento. Músicas calmas e belas paisagens também podem servir como estímulo para seus estudos, concentração e oração. Esse é um segredo meu que compartilho com você: gosto de colocar músicas inspiradoras e belas imagens no Youtube, que me inspiram e contribuem na hora de criar e descansar.

Veja também:

Inspiração e paz em imagens e sons

Iniciei em meu Canal no Youtube uma séries de vídeos com belas imagens e canções inspiradoras. No primeiro vídeo, você poderá contemplar algumas imagens de Rio Claro/RJ, município repleto de muita água e floresta. Dá só uma olhada:

Música calma e imagens da natureza – Rio Claro/RJ

Saiba como conseguir mais seguidores nas redes sociais

Alcançar mais seguidores nas redes sociais é o desejo de muitas pessoas – seja para aumentar o engajamento em perfis profissionais, ou somente para ter uma conexão maior com outros usuários em suas contas pessoais.

Independentemente do seu objetivo, as redes sociais são ótimas plataformas de interação e comunicação, mas se você não oferecer algo realmente relevante ao seu público, é possível que o seu número de seguidores não cresça tanto assim.

No artigo de hoje, saiba como conseguir mais seguidores nas redes sociais, principalmente nas mais famosas (Instagram e Facebook), com algumas dicas simples. Continue a leitura!

Seguidores nas redes sociais
Fonte da imagem: Pexels.

1 – Foque na produção de conteúdo

A informação é a moeda de troca da internet. Nas redes sociais, isso não seria diferente.

Mais do que se deparar com um flyer digital de um evento, os usuários querem encontrar informação de qualidade, como a temática, curiosidades do evento, a importância da festa, quem é o público-alvo, entre outros.

Sendo assim, a melhor forma de conseguir novos seguidores para as suas redes é pela produção de conteúdo.

Tanto que o marketing de conteúdo é uma das melhores estratégias para as redes sociais. Ele é uma maneira de engajar e fazer com que mais pessoas interajam com você.

Pense por um minuto: os usuários terão mais interesse em uma propaganda de pilates solo ou um vídeo ensinando algum movimento do exercício? Provavelmente a segunda opção, já que podemos ver publicidade em qualquer lugar.

Mesmo para o seu perfil pessoal, vale a pena produzir algo de qualidade e que seja atrativo para os seus conhecidos. Assim, eles irão até o seu perfil atraídos pela qualidade do conteúdo.

2 – Escolha bem os materiais que irá compartilhar

Faça uma seleção de materiais compartilhados pela sua página, separando assuntos que sejam de interesse e relevância para o seu público.

Lembra que falamos da importância de produzir conteúdo? Então, nem sempre esse material precisa ser autoral, pois as redes sociais oferecem a possibilidade de compartilhar algo de outro perfil.

No entanto, é preciso escolher com cautela esses materiais.

Por exemplo, a receita de um bolo caseiro de laranja pode fazer muito sentido para a página de uma nutricionista, mas não para um Instagram voltado para moda.

Ou seja, de nada adianta postar vídeos, piadas e conteúdos, se a sua audiência não tem nenhuma relação com a temática.

Aliás, é bom evitar forçar a barra para ganhar curtidas – isso só faz com que o público deixe de acompanhar o seu perfil.

3 – Crie uma identidade visual

Engana-se quem pensa que identidade visual é algo restrito às propagandas offline. Ao contrário disso, ela está muito presente no marketing digital, especialmente nas redes.

Criar uma identidade visual é uma forma de tornar a sua marca conhecida pelo público. Além disso, é possível orientar o compartilhamento das postagens, escolhendo imagens que dialoguem com as cores e formas do seu perfil.

Isso é muito importante para redes sociais com forte apelo imagético, como é o caso do Instagram. Afinal de contas, é bonito ver um feed harmônico, não é mesmo? 

Se as publicações forem muito diferentes em aspectos de imagem, ficamos com aquela sensação de que algo está “bagunçado”.

Então, pense no seu Instagram como uma cenografia de palco, onde você precisa deixar tudo muito bonito visualmente para atrair um público.

4 – Escolha a melhor hora para fazer uma publicação

Sabia que tem um horário certo para fazer a sua publicação? Pode parecer besteira, mas definir a hora para compartilhar conteúdo pode te ajudar a conseguir mais seguidores.

Você pode escolher o melhor horário de acordo com o perfil do seu público. As próprias redes sociais oferecem métricas automáticas que mostram as horas de maior engajamento.

Nesse sentido, ao perceber que as pessoas tendem a olhar seu perfil após às 18h00, nada melhor do que divulgar a sua foto como dj para festa neste horário. Você certamente receberá muitas curtidas e pode aumentar o número de seguidores.

5 – Converse e responda os seus seguidores

As redes sociais têm a capacidade de aproximar pessoas. Com elas, muitos fãs conseguiram se conectar com seus artistas favoritos e, até mesmo, receber respostas de interações e comentários.

Por isso, manter um diálogo frequente com o seu público é a melhor forma de conseguir novos seguidores. Afinal de contas, os usuários se sentem especiais e valorizados quando são respondidos.

Além disso, o próprio algoritmo das redes sociais passa a recomendar o seu perfil para outras pessoas, conforme a quantidade de engajamento.

Quer dizer que quanto maior é a interação, mais usuários vão conhecer você!

6 – Diversifique os seus materiais

Mais do que produzir conteúdo, é necessário diversificar os tipos de materiais que você compartilha nas redes. Isso porque os seus usuários gostam de se deparar com produtos diferenciados, não somente mais do mesmo.

Sendo assim, você pode investir em uma gravação de áudio e vídeo, por exemplo. Algumas outras alternativas são:

  • Enquetes;
  • Infográficos;
  • Gifs;
  • Roleta de imagens;
  • Entre outros.

Também é importante integrar suas redes sociais, para que suas publicações apareçam em todos os seus perfis. Se necessário, adapte os conteúdos, conforme as especificações de cada uma das plataformas.

Vale a pena utilizar todas as formas de mídias sociais possíveis para conseguir mais seguidores, sendo uma maneira de facilitar a interação e aproveitar para incentivá-los a acompanhar o seu conteúdo.

7 – Invista na qualidade das suas imagens e vídeos

A qualidade das imagens e vídeos também é essencial para alcançar um número maior de seguidores nas redes sociais. Isso porque grande parte do marketing praticado nessas plataformas é visual, sendo uma maneira de conquistar sucesso.

Por exemplo, uma foto bem feita de uma capa de violão acolchoada terá muito mais interação, em comparação com uma foto granulada e de má qualidade. O mesmo vale para os conteúdos em vídeo.

Importante considerar que, algumas vezes, é necessário utilizar programas de edição de imagem e vídeo para aprimorar a iluminação, contraste, entre outros detalhes que fazem toda a diferença na hora de realizar o compartilhamento.

8 – Use todos os recursos das redes sociais

Embora algumas redes sociais, como o Instagram, afirmem que não consideram o uso de seus recursos e funções para oferecer publicações para um maior número de usuários, é importante usar as principais funcionalidades de cada plataforma.

No caso do Instagram, por exemplo, é necessário usar o Stories e o recurso mais novo, o Reels. Isso já é uma forma de diversificar o conteúdo, além de trazer uma dinâmica maior para as suas postagens.

Também vale a pena usar os recursos das redes sociais para compartilhar conteúdos in loco e instantâneos. Por exemplo, você pode usar o Stories do Instagram para mostrar os bastidores de um stand para evento.

9 – Coloque hashtags nos seus conteúdos

As hashtags são ótimas formas de alcançar um número maior de usuários e construir uma comunidade virtual. Com elas, é possível colocar uma tag de marcação e, desse modo, fazer com que mais usuários vejam o seu conteúdo.

Porém, é importante ter um certo cuidado com a quantidade de hashtags usadas, principalmente no Instagram. A recomendação é usar até 10 palavras com tag, para que a plataforma não considere a sua publicação como um spam.

10 – Faça parcerias com outros perfis

Firmar parcerias com outros produtores de conteúdo, perfis e blogueiros é uma maneira muito eficiente de conquistar seguidores para a sua rede social.

Afinal de contas, o público do seu parceiro(a) pode se interessar também pelas suas publicações ou vice-versa, fazendo com que mais pessoas conheçam os seus conteúdos. Como consequência, o número de seguidores tende a aumentar gradativamente.

Importante ressaltar que essa é uma estratégia muito usada pelas empresas, através do marketing de influência. Nestes casos, firma-se uma parceria com os principais digital influencers para divulgar uma marca ou produto.

Hoje em dia, sabe-se que grande parte das decisões de compra são tomadas com base nas recomendações dos “famosos da internet”. Por esse motivo, é uma das estratégias mais assertivas do marketing digital.

Conclusão

Conquistar mais seguidores nas redes sociais é algo que desperta grande interesse dos perfis comerciais e pessoais. No entanto, nem sempre essa é uma tarefa simples, já que o aumento de curtidas, engajamento e de seguidores é algo que precisa de planejamento.

Além do mais, não há uma receita ou fórmula mágica para conseguir mais seguidores em suas redes sociais. Por isso, é interessante testar as suas possibilidades e, desse modo, ajustar o conteúdo conforme os resultados.

Sendo assim, é fundamental avaliar as métricas de cada uma das postagens, fazer os ajustes necessários e, assim, alcançar o sucesso. 

Vale dizer que o marketing de conteúdo é uma das principais estratégias para alcançar novos seguidores. Por esse motivo, vale a pena investir na produção de materiais relevantes e interessantes, que façam sentido para o seu público.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Os‌ ‌melhores‌ ‌exercícios físicos‌ ‌para‌ ‌se‌ ‌fazer‌ ‌em‌ ‌casa‌

Ter uma rotina de exercícios já faz parte da vida de muitas pessoas. Entretanto, cada vez mais tem se popularizado a ideia de exercícios para se fazer em casa.

Muitas vezes, com poucos gastos como o investimento em uma anilha de academia, você pode começar a realizar atividades em casa, mantendo o foco no exercício mesmo que não consiga ir treinar em um local profissional.

Por conta do dia a dia cada vez mais corrido, muitas vezes acabamos deixando de lado as atividades físicas, usando como desculpa que a academia fica longe ou que se demora muito para ir e voltar para casa depois.

O sedentarismo pode levar à obesidade, que é uma das principais causas de morte no mundo. Por isso, ter uma vida mais regrada e saudável é um importante passo para melhorar sua saúde.

A atividade física é responsável pela prevenção de uma série de doenças, uma vez que os exercícios reduzem o colesterol ruim e o nível de triglicérides no sangue. 

Além disso, a prática de atividade física ajuda a controlar a pressão arterial, diminuindo os riscos de doenças cardíacas.

exercícios físicos
Fonte da imagem: Pexels.

Para este tipo de atividade, exercícios simples como uma caminhada ou pedalar de bicicleta já ajudam muito. Atividades comuns do dia a dia podem parecer simples, mas também tem um potencial de exercício. É o caso de subir e descer escadas, por exemplo.

Os exercícios também são ideais para controlar seu peso, mantendo-o em padrões mais saudáveis, além de aumentar a força muscular e a definição dos músculos.

Com isso, não só sua autoestima é afetada, mas você também pode sentir a mudança quando precisar levantar algo pesado ou carregar um objeto por um longo espaço. 

Inclusive, esse tipo de ação acaba se tornando muito mais fácil para pessoas que costumam ter treinamento.

Dentre as atividades que os exercícios ajudam a regular, está o sono. O corpo humano precisa dormir, em média, 8 horas por noite para recuperar todas suas energias. 

Quando você gasta energia com atividades físicas, como o pilates solo, é mais comum conseguir descansar por um período maior de tempo.

Isso significa que esse tipo de atividade física é ideal para pessoas com problemas para dormir, como insônia e sonambulismo.

Se você possui algum tipo de distúrbio do sono, realizar alguma atividade física pela manhã ou tarde fará com que seu corpo libere endorfina, preparando-o para um descanso adequado no fim do dia.

Importância da prática de exercícios em casa

Diversos motivos têm levado cada vez mais pessoas a realizarem seus treinos em casa. Seja pela facilidade de conseguir as indicações através de treinos gravados e tutoriais em vídeo, ou por conta da economia realizada ao abrir mão de uma academia.

É preciso, entretanto, ter disciplina para não perder o foco e acabar procrastinando. Assim, você conseguirá realizar suas atividades de forma fácil, sem precisar de muitos equipamentos e com um circuito completo para conquistar bons resultados.

É importante lembrar que em casa você não terá nenhum tipo de suporte profissional. Portanto, é essencial identificar seus limites e não extrapolá-los, principalmente com relação à quantidade de pesos e de repetições.

Você pode montar sua academia em uma sala de tv planejada, assim pode fazer seus exercícios aproveitando um momento de lazer.

Caso você tenha a possibilidade, em alguns casos o contato com um profissional pode resolver a etapa de preparação. Muitos treinadores e instrutores podem montar um conjunto de atividades para você realizar em casa, para você treinar adequadamente.

Conheça, nos próximos tópicos, os principais exercícios que você pode fazer em casa.

1. Antes de tudo: faça um aquecimento

Esta é uma etapa fundamental para a prática de qualquer atividade física. Ela é mais importante ainda em casa, quando não há um instrutor para vigiar e o aquecimento acaba ficando para trás.

O aquecimento evita câimbras e diminui as chances de você se lesionar fazendo exercícios, por isso, ele é uma parte vital do treino. Existem diversos guias com as melhores formas de se alongar, e embora fazer todas elas demorem um pouco, o resultado compensa.

Inclusive, com a manutenção de jardim de sua casa em dia, pode aproveitar o espaço externo para fazer o aquecimento.

Com o aquecimento, você consegue explorar da melhor forma possível as baterias de exercícios que irá realizar, ativando seus músculos e reconhecendo quais áreas devem ser atendidas com mais cuidado neste momento.

2. Pule corda

A corda é uma excelente alternativa para quem não tem condições de ter uma esteira ou uma bicicleta ergométrica em casa. É um exercício que gasta bastante energia e traz um resultado positivo rapidamente.

É importante deixar uma área livre na casa, uma vez que a corda exige espaço para ser manipulada. Além disso, mantenha-se sempre com roupas confortáveis e que evitem o suor.

Para evitar problemas pelos constantes pulos, você pode pensar em comprar um tênis com amortecimento. Muitos atletas têm problemas nas articulações justamente por não usarem um sapato adequado para esta modalidade.

Esse tipo de exercício é muito bom para melhorar a agilidade nas pernas, e caso você decida fazer aula de dança sertanejo, isso pode ser um diferencial.

Apesar de parecer complicado, os primeiros movimentos de pular corda são simples, e em poucos minutos você terá a possibilidade de se adaptar e realizar o exercício por um longo período.

Existem diversos tipos de cordas, desde as maiores até cordas com peso extra, específicas para determinados tipos de treino.

3. Faça flexões

Um movimento clássico de exercícios, as flexões são extremamente importantes para fortalecer a zona dos ombros, braços e a região do peito. As sequências podem ser curtas, com repetições entre intervalos pequenos para atingir resultados satisfatórios.

É importante fazer o exercício corretamente, para evitar dores e problemas musculares pela má realização. Você deve alinhar seus braços com seu peitoral e em uma posição que permita o movimento de prancha, no qual você deve descer com o corpo inteiro.

Você pode utilizar uma camiseta dry fit amarela ou de qualquer outra cor para fazer seus exercícios, uma vez que esse material é adequado para atividades físicas.

Para iniciantes, é possível iniciar a atividade com o joelho apoiado no chão como suporte. Isso permite que, mesmo sem realizar o movimento inteiro, você ainda esteja com a posição do peito e dos braços correta, alcançando o resultado esperado.

4. Use barras e halteres

A barra é um outro exercício de grande impacto, que permite trabalhar uma série de variações e inúmeros grupos musculares. Para isso, você precisará comprar uma barra de parede.

Existem diversos modelos que podem ser utilizados, com preços variáveis. Alguns possuem outras funcionalidades para exercícios, então é ideal verificar a peça que mais caberá às suas necessidades.

Caso não queira investir com uma barra para sua casa, existem diversos parques e praças públicas com esse tipo de equipamento disponível para você poder manter sua rotina de exercícios.

Um objeto muito útil para treinamentos em casa são os halteres. Eles permitem uma série de exercícios, em particular para o treinamento de braços, e também servem como suporte em outros exercícios como os agachamentos mencionados anteriormente.

Existem diversos tipos e formatos de halteres no mercado, então o ideal é comprar aquele que mais se adequar a seu orçamento. O investimento pode ser compensado se você mantiver o foco e seguir se exercitando.

Uma boa opção é comprar os halteres de anilhas. Neste caso, você compra apenas a barra dos halteres e vai adicionando ou removendo pesos conforme julgar necessário.

5. Invista nos agachamentos

Este é um dos exercícios mais simples que pode ser realizado, além de que sua funcionalidade é impressionante. Basta flexionar os joelhos enquanto coloca os braços à frente para manter o equilíbrio.

Durante o movimento de descida, é importante manter as costas retas. A intensidade do exercício é definida por você, mas é importante fazer repetições pequenas com pausas, para não correr o risco de ter câimbras.

Caso você tenha em mãos itens de academia como anilhas e halteres, é possível explorar os agachamentos com mais variedades, definindo a intensidade, conforme julgar necessário.

Se você tiver acesso à uma piscina em sua casa, pode fazer uma academia de hidroginástica com os exercícios certos.

6. Treinamento de tríceps

Outro exercício que pode ser facilmente replicado em casa, sem gasto adicional com equipamentos, é o mergulho. Neste caso, basta encontrar um banco ou sofá em sua casa para fazer a atividade e treinar seu tríceps.

Você então deve se apoiar com seus braços no banco e sentar no chão, usando os braços como apoio para o movimento.

Esse tipo de exercício de apoio é muito bom se você possuir um banco baixo, como os de supino, por exemplo.

Considerações finais

Exercitar-se em casa pode requerer inicialmente um investimento financeiro, mas a longo prazo, esse valor acaba sendo muito recompensado.

Claro que se seu objetivo for perder peso, você deve fazer uma dieta simples para emagrecer junto dos exercícios, para conseguir cumprir sua meta.

É importante ter em mente que você não terá um instrutor por perto, portanto, tome cuidado com os exercícios para evitar qualquer complicação e logo você começará a ver os resultados sem sair de casa.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

5 dicas para melhorar a qualidade de vida dos pets

Um animal de estimação traz muitos benefícios, ao mesmo tempo em que vem acompanhado de muita responsabilidade. Por isso, melhorar a qualidade de vida dos pets é fundamental, uma vez que eles são dependentes de seus cuidados.

Esse tipo de atenção começa no básico, ao contratar os serviços de banho e tosa higiênica em um pet shop de qualidade, para que o animal possa ter toda a atenção que necessita.

A convivência com um animal significa ter uma amizade para a vida toda, e os benefícios dessa relação podem ser sentidos em todas as idades e por todas as pessoas.

Entretanto, os bichinhos costumam ter uma vida mais breve, então todos os elementos necessários para melhorar a qualidade de vida deles e aumentar esse período são essenciais. 

Tratam-se de necessidades básicas, que podem melhorar e muito a qualidade de vida deles.

A alegria de se ter um pet por perto é visível em todas as pessoas que convivem com ele. Essa é uma das formas mais importantes de convivência, uma vez que gera uma série de benefícios para todos os envolvidos.

Mesmo que você não tenha muitos recursos financeiros, hoje em dia existe o conceito de clínica veterinária popular com preços acessíveis para você levar seu pet regularmente.

gato
Fonte da imagem: Pexels.

Os animais são tão importantes que, atualmente, até mesmo as terapias para eles têm ganhado força em clínicas. Muitos pets têm sido tratados em quadros como a depressão.

A convivência com pets permite uma maior socialização dos donos, que encontram outras pessoas com gostos similares para os animais de estimação, e podem trocar informações e dicas para os cuidados básicos.

Além disso, um animal de estimação é fundamental para diminuir a sensação de solidão, principalmente se você morar sozinho ou longe de seus familiares e amigos. 

Muitas pessoas acabam se sentindo mais solitárias ao se mudar por conta de um emprego ou serviço. Nestes casos, o pet acaba se tornando uma necessidade para o bem-estar do indivíduo.

Inclusive, alguns estudos indicam que o convívio com animais de estimação estimula a produção corporal de serotonina e dopamina, hormônios diretamente responsáveis pelos sentimentos de prazer e de alegria.

A interação com seu pet também é muito boa para aliviar os níveis de estresse em seu organismo. Ao brincar com seu bichinho de estimação, você acaba recebendo uma sensação de conforto que deixa você mais relaxado.

Entretanto, os cuidados com seu pet devem ser constantes. Por isso, se ele precisar de exames laboratoriais para cachorro, por exemplo, procure um serviço de qualidade para resolver o quanto antes.

cachorro
Fonte da imagem: Pexels.

Se seu pet exigir caminhadas ou passeios, como é o costume com cães, você pode aproveitar esse momento para deixar de lado o sedentarismo e começar a se exercitar. Incluir o passeio com o cãozinho em sua rotina de atividades pode ser o primeiro passo.

Inclusive, alguns ambientes hoje em dia permitem que o pet faça parte de um passeio, como é o caso de um restaurante pet friendly.

Como costumam ser cuidados por todos os membros da família, os pets também acabam deixando os laços entre todos os familiares mais próximos, unidos pelo carinho de cada um e pelo animal.

Como promover mais bem-estar para o pet

Os animais de estimação tem algumas necessidades básicas que devem ser atendidas. Notadamente, eles são muito dependentes dos seres humanos para sua alimentação, higiene e diversos outros elementos.

Pensando nisso, acompanhe algumas dicas para melhorar a qualidade de vida de seu pet, permitindo que ele tenha mais saúde.

1. Ofereça uma alimentação saudável

Cada espécie de animal de estimação possui uma série de necessidades em termos de nutrição, e é importante que você consiga supri-las para garantir energia e um bom desenvolvimento para o pet.

Você deve tomar cuidado com alguns alimentos comuns para nós, pois pets costumam ter metabolismos diferentes. Então, antes de oferecer um pedaço de seu bolo caseiro de laranja, certifique-se de que seu bichinho pode comê-lo ou não.

Muitas empresas de ração criam alimentos balanceados e adequados para pets dos mais variados tipos, identificando-os por:

  • Idade;
  • Tamanho;
  • Restrições alimentares;
  • Alergias e deficiências alimentares.

Desse modo, você pode encontrar a ração que mais se adequa às necessidades de seu pet, para garantir que ele receba todos os nutrientes necessários para um bom desenvolvimento.

2. Monte um espaço para o pet

Cada animal de estimação precisa de alguns cuidados especiais com relação ao ambiente.

Isso significa que é preciso montar um espaço de sua casa protegido do frio, chuva e outras alterações climáticas onde o bichinho possa descansar, dormir e que ele se identifique como um espaço seguro.

Uma tela de proteção para gatos é fundamental se você morar em um apartamento, para limitar e dar segurança para o animal.

Além disso, é importante que haja um lugar específico para que ele possa fazer suas necessidades. Esse espaço deve ser constantemente limpo e higienizado para evitar qualquer tipo de problema tanto para ele, quanto para você.

Animais maiores podem precisar de uma área para se movimentarem e se exercitarem, portanto, é essencial identificar o espaço que você pode despender de sua casa antes de escolher um tipo específico de pet.

3. Dê liberdade ao bichinho

Os animais de estimação precisam de sua liberdade para serem o que são e agirem de forma natural. Por isso, é fundamental que você permita e incentive esse tipo de comportamento.

Quanto mais um pet tiver a liberdade para explorar e utilizar seus instintos naturais, mais feliz e satisfeito ele ficará. Portanto, tente mantê-lo em um local de fácil movimentação, onde ele possa se acostumar com cada espaço.

Além disso, o contato com outros pets pode ser bastante benéfico para expressar comportamentos da espécie, em particular se o contato for com outros animais do mesmo tipo.

Quando estiver passeando com seu cão, por exemplo, permita-o explorar o ambiente ao seu redor com o olfato, aguçando esse sentido e abrindo a possibilidade de interação do animal com sua natureza.

Outra opção boa para desenvolver esses sentidos é um brinquedo estimulação sensorial.

4. Convivência com outros animais

Algumas espécies têm mais facilidade de conviver com outros animais do que outros. É importante identificar qual destes é o mais adequado para seu pet, uma vez que em muitos casos a convivência com outros da mesma espécie é essencial.

Outros preferem viver mais solitários, e se adaptam bem ao conceito de não encontrarem convívio com seus semelhantes.

Caso você não possa levar seu pet em uma praça ou algum outro lugar de convivência com pets, é importante pensar na possibilidade de ter mais de um em sua casa. Identificar cada uma das características de seu pet é fundamental antes de tomar essa decisão.

Isso porque um cão pode se adaptar muito mais facilmente ao convívio limitado na rua do que com outro cão entrando em sua residência. 

No caso de ambos serem machos ou fêmeas, ainda há a questão de que talvez sejam mais agressivos entre si, para afirmar superioridade.

Entretanto, outros animais podem ser extremamente receptivos a outros pets, incluindo de raças diferentes, então é fundamental se atentar ao comportamento de seu pet quando ele interage com outros ou quando você recebe a visita de outro pet em sua casa.

5. Garanta a proteção do seu animal de estimação

Animais precisam de cuidado, amor e carinho tanto quanto eles oferecem. Por isso, é fundamental que você tome todos os cuidados para manter a saúde de seu pet e garantir que ele esteja protegido de doenças e outros elementos danosos.

Para isso, encontre um médico veterinário de sua confiança, no qual você levará seu pet em casos de doenças e para exames periódicos. Além do mais, é sua responsabilidade deixar seu animal em dia com vacinas e remédios fundamentais para sua qualidade de vida.

Se você passa muito tempo fora de sua casa e deixa o pet sozinho, é interessante instalar um monitoramento de câmeras nos cômodos, para monitorá-lo e garantir que ele está bem.

Como tutor de seu bichinho, é seu dever assegurar-se de que ele está em plenas capacidades, evitando que se machuque de alguma forma e não sofra nenhum tipo de dor.

Os animais costumam dar sinais claros de quando algo está errado, por isso, é crucial ter atenção em seus comportamentos, que muitas vezes demonstram o que estão sentindo ou passando.

Considerações finais

A relação entre um pet e seu dono pode ser muito benéfica para ambas as partes.

Por todos os benefícios, todo o carinho e amor incondicional que os animais de estimação oferecem para seus donos, é fundamental que você cuide de cada elemento para tornar o bem-estar dele como sendo o melhor possível.

Nossos amigos animais costumam ter uma vida muito mais curta que a nossa, então é importante que você torne todo dia o mais especial, cuidando de cada detalhe para que ele aproveite – e você também.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Rolar para cima