vídeos inspiradores

vídeos inspiradores

O que parece insignificante pode te levar a algo terrível

Precisamos tomar muito cuidado com as coisas pequenas, que parecem insignificantes, principalmente quando o assunto é pecado. Aquela pequena imperfeição, a pequena falta que parece não fazer muita diferença. Precisamos entender que é assim que o maligno começa a envolver as almas para finalmente levá-las aos grandes pecados.

Veja também:

O inimigo te pega pelas coisas pequenas

Cometemos o pecado mortal tendo a consciência de que é uma falta grave e essa atitude nos leva para o inferno. Precisamos nos arrepender e buscar a confissão, a conversão.

Já as pequenas faltas escondem um grande perigo, pois muitas vezes cometemos sem pensar e o inimigo as utiliza para abrir as portas para os pecados mortais. Quando vemos o pecado mortal podemos nos assustar e negar, mas as faltas pequenas podem parecer inofensivas e é por isso que o inimigo as utiliza.

Não encare o pecado venial como o “pecado que eu posso fazer”. Não caia nessa! Todos os Santos da Igreja nos falam desse perigo. Se você está em um pecado mortal, tenha certeza de que antes dele, um dia você caiu em um pecado leve.

O vídeo a seguir faz parte da série Itinerário da Castidade, de Frei Gilson, baseada nos escritos de Santo Afonso Maria de Ligório. Assista:

Do fio de cabelo até a grossa corrente

Gostou do vídeo? Assista também os outros da série Itinerário da Castidade no canal do frei.

Antes de cobrar os outros, as pessoas devem dar o exemplo e viver o que querem ensinar

“Faça o que eu digo mas não faça o que eu faço”. Essa é a desculpa daqueles que cobram dos outros aquilo que não são capazes de viver. Nosso testemunho de vida é nossa maior pregação e é só tendo fé no que falamos que vamos conseguir viver, e vivendo poderemos inspirar e convencer as pessoas.

Veja também:

Ensine com sua vida, e quando necessário, use palavras

O ensinamento de hoje é de São Bernardo de Claraval, mas também é o mesmo que diz São Francisco de Assis e muitos outros Santos da Igreja. Também é isso que diz Jesus Cristo, nosso exemplo de perfeição.

Querer buscar o atalho do ensinamento sem o exemplo é a atitude daqueles que querem cobrar os outros mas não possuem a coragem necessária para viver o que ensinam. Vale ressaltar que o ensinamento sem o exemplo de vida não é nada eficaz. Assista o vídeo a seguir e entenda melhor:

Antes de cobrar os outros, dê o exemplo

Aproveite para assistir os outros vídeos e inscreva-se no nosso canal. Compartilhe esse conteúdo para que todos nós possamos aprender cada vez mais juntos a seguir os passos de Jesus.

Rolar para cima