Quadrinhos Católicos

Quadrinhos Católicos

Pessoas ingratas não evoluem espiritualmente e nem percebem as graças de Deus

Gosto de compartilhar minhas falhas e limitações nos quadrinhos para conversar com as pessoas nas redes sociais e também gosto de fazer perguntas para que meditemos juntos. Ao ler o Livro da Vida, de Santa Teresa d’Ávila, percebi que a Santa se acusa de maneira bem dura em faltas bem menores que as que eu cometo todos os dias. Essa Doutora da Igreja, ao perceber de onde Deus a tirou, nunca mais parou de louvar, adorar e agradecer Aquele que é o único digno de todo o nosso afeto.

Veja também:

A gratidão nos permite ir além

Todo milésimo de segundo é um milagre de Deus em nossa vida. Nenhum tempo de nossa história é ruim. Mesmo nos momentos mais difíceis da vida, o tempo concedido por Deus é uma bênção, e de um mal Ele pode tirar um bem.

Nas noites escuras, descobrimos a luz! Às vezes, dizemos que esta ou aquela época da nossa vida foi melhor ou pior. A verdade é que todas as épocas são boas, pois, em todos os momentos, a mão de Deus está presente. Em todas as situações, a misericórdia divina nos sustenta. E quanto mais tomamos consciência desta graça, mais somos movidos e tocados no íntimo do nosso coração, para dizermos e cantarmos: “obrigado, Senhor”!

Quando percebemos o que o Senhor faz por nós a cada dia, quando olhamos para trás e nos damos conta de que tudo contribuiu para o nosso crescimento, quando sentimos a presença de Deus em tudo isso, aprendemos a ser gratos. E através da gratidão, temos maior consciência da ação de Deus e abrimos as portas para novas e extraordinárias graças.

A vida é um verdadeiro conjunto de mistério, milagre e graça. Pois, ao começarmos a observar a beleza e a perfeição da natureza humana, é impressionante notar como Deus pensou em cada detalhe para criar a humanidade. Faz-nos bem contemplar a criação, sobretudo a do homem e da mulher. Observemos os sentidos, a corrente sanguínea, as juntas, os ossos, os nervos, os membros, os órgãos vitais; enfim, tudo é digno de admiração.

É mais admirável ainda porque Deus ficou encantado com a obra d’Ele e “viu que tudo era muito bom” (Gn 1,31). Nós somos imagem e semelhança do Criador. E se Ele se admirou, nós também somos chamados à contemplação e admiração da obra divina. Nessa contemplação, somos conduzidos ao respeito e ao cuidado, e esta imitação do Senhor nos impulsionará sempre na direção da defesa da vida em toda e qualquer circunstância.

Quando nossas palavras atrapalham a oração, precisamos mover o coração na direção de Deus

Você consegue ter uma vida de intimidade com Deus através da oração? Como lida com seus pensamentos e palavras que ficam indo e vindo, numa agitação interior que faz a oração parecer mais uma tagarelice da sua parte? Não se ofenda, eu falo assim exatamente porque acontece comigo também, e hoje vamos aprender uma receita de vários Santos, com o exemplo de Santa Teresinha do Menino Jesus.

Veja também:

Mova o seu coração na direção de Deus

Mover o coração a Deus em oração. Essa experiência podemos fazer seguindo o ensinamento de Santa Teresinha do Menino Jesus, que nos diz: “Para mim, a oração é um impulso do coração, um simples olhar dirigido para o céu, um grito de agradecimento e de amor, tanto do meio do sofrimento como do meio da alegria. Em uma palavra, é algo grande, algo sobrenatural que me dilata a alma e me une a Jesus.”

Acalma, silencia, respira fundo e vai deixando todo pensamento e sentimento ir na direção de Deus. Entrega tudo o que você está vivendo e até mesmo o que está te atrapalhando a entrar em oração. Inicie essa entrega na hora de rezar e deixe que o Senhor te conduza. Assim, você pode construir uma nova relação de intimidade com Ele. Vamos tentar?

Um puxão de orelha com muita classe, por São João Maria Vianney

Você tem ouvido a voz de Deus na situações cotidianas? Muitas vezes damos ouvidos a tantas vozes que nos roubam a felicidade, mas somos surdos ao chamado de Deus. São João Maria Vianney chorava e fazia penitência pelos pecados da humanidade. Vamos saber um pouco mais sobre ele?

Veja também:

O Santo Cura d’Ars

João Maria Batista Vianney também é conhecido como o Santo Cura d’Ars foi um sacerdote francês, canonizado pela Igreja Católica. Foi nomeado padroeiro dos Párocos em 23 de abril de 1928.

O santo tinha um jeito todo especial de trazer as ovelhas perdidas de volta, e entregava grandes sacrifícios e penitências pela salvação das almas.

Aquele que, incialmente havia sido impedido de administrar o sacramento da confissão, tornara-se o maior confessor da história. Diariamente, filas enormes se formavam diante do confessionário da igreja e o Pe. João passava horas a fio atendendo a todos, muitas vezes, sem comer. Por muitas e muitas vezes, passou dias inteiros sentado no confessionário atendendo os corações aflitos em busca de orientação e libertação. E todos saiam transformados daquele confessionário.

A frase que inspirou o quadrinho que abriu esse artigo está no livro O Santo Cura d’Ars, de Francis Trochu.

Abortar é matar uma criança enquanto ela dorme

Abortar é matar uma criança enquanto ela dorme. Ao ver os que vão às ruas para lutar pelo “direito” de matar, percebemos como a humanidade está adoecendo. As pessoas de bem precisam se posicionar contra todo tipo de violência, entre elas, o aborto, as agressões de toda espécie, assassinatos, estupro, entre outras barbaridades que só acontecem em uma sociedade que esqueceu o significado do amor puro e verdadeiro. Que Deus tenha misericórdia de todos nós e nos ajude a lutar contra nossas misérias.

Veja também:

Existem vários argumentos que os defensores do aborto usam, mas nada justifica tamanha crueldade com alguém que ainda não pode se defender. Não importa as condições, devemos defender a vida, o amor, a criação de Deus.

O discurso de ódio, os grupos que querem “bater de frente” e impor algo que nunca foi considerado normal e benéfico na história da humanidade, tudo isso é reflexo do autoritarismo e da falta de amor. Rezemos por todas as crianças assassinadas antes e depois de nascerem, rezemos por pais e mães que abortam e se arrependem, rezemos pelos pais que pensam em abortar. Que o Senhor toque esses corações.

A pessoa que não quer melhorar a cada dia morre lentamente

Nada tira tanto o sentido da vida quanto a falta de vontade de melhorar a cada dia. Quando desistimos de buscar a evolução, começamos a regredir e ficamos presos aos nossos pecados e opiniões preconceituosas e engessadas. Quando dizemos coisas do tipo “esse é meu jeito e não vou mudar”, estamos deixando bem clara a nossa vontade de não evoluir e não permitir a ação de Deus, através do Espírito Santo, em nossas vidas. Você quer ser melhor a cada dia ou quer ficar repetindo que esse é seu jeito mesmo?

Veja também:

Não pare de aprender e evoluir

Quem para de aprender e de querer evoluir, começa a morrer lentamente. Essa é a escolha de quem deixa de viver o que Deus planejou e começa a simplesmente se arrastar pela existência. Você conhece alguém assim ou está vivendo dessa maneira?

É hora de renunciar a todo mal comportamento, preguiça e falta de coragem para mudar. Que o Espírito Santo possa nos inspirar a uma vida nova, cheia de alegria e todo o tipo de boa obra. Deus nos abençoe!

Rolar para cima