Não se prenda a nada que tire a sua liberdade para amar

Não devemos nos prender a nada que tire nossa liberdade para amar. Isso não quer dizer fugir do sofrimento e do desconforto, pois amar verdadeiramente é se doar e também sofrer pelo outro. O que importa é não perder o sentido e a paz interior daqueles que lutam e sofrem pela causa certa: a busca por amar em Deus e fazer a Sua vontade.

Veja também:

Se te tira do caminho, descarte

Vivemos em um mundo cercado de estímulos e ocasiões que preenchem o nosso tempo e colocam um peso desnecessário sobre nossas costas. É muito fácil perder o foco do que realmente importa quando damos ouvidos demais ao que os outros pensam e também àquilo que nos chega todos os dias pelos meios de comunicação modernos. Mas o que fazer diante dessa agitação e inquietação destrutivas?

Na nossa vida não deve ter lugar para as coisas que nos afastam do amor de Deus, aquele amor verdadeiro que também é dor e sacrifício. Não trata-se aqui e mendigar atenção e sacrificar-se por pessoas que nem se importam com a sua existência, mas sim interceder pela salvação de todos que passarem pelo seu caminho.

O amor verdadeiro fala a verdade e não se preocupa com “o que os outros pensam”, em ficar agradando. Quando o assunto é a salvação, não pode existir meio termo. Trata-se de uma escolha de vida e você deve estar sempre em oração e vigia para colocar em prática aquilo que o Senhor deseja.

É aí que está a felicidade. Feliz é aquele que busca o Senhor e segue seus caminhos. Você tem se esforçado para isso?