novembro 2020 – Página: 3 – Satirinhas
Satirinhas

Mês: novembro 2020

Ninguém gosta de esperar, mas o tempo de Deus cura tudo

Vivemos em uma sociedade agitada, acelerada, consumista, onde as pessoas querem tudo e querem para agora. Essa sensação de urgência faz com que muitos sejam impacientes e sofram ansiosamente por tudo aquilo que não acontece como e quando gostariam. Esperar pode não ser fácil, mas o tempo de Deus é diferente do nosso e só Ele é capaz de tirar um bem daquilo que parece mal.

Veja também:

O tempo de Deus é perfeito

A espera e a perseverança em Deus gera frutos na nossa vida. Amadurecemos quando vivemos bem cada tempo de nossas vidas, com fé, esperança e amor. Peça que o Espírito Santo venha conduzir sua vida e suas escolhas, para que a paz reine mesmo diante das dificuldades. O Senhor é capaz de usar toda situação adversa para o seu crescimento, basta você permitir e pedir.

Se você quer se entregar mais a Deus, mas tem sofrido com as demoras da vida, recomendo que você leia todo o capítulo 2 de Eclesiástico. Reze com essa Palavra.

6 dicas para manter uma rotina saudável

Ter uma rotina saudável é fundamental para qualquer pessoa. Muito se fala a respeito desse tema atualmente, uma vez que o ser humano está em busca de maneiras que possam melhorar a sua qualidade de vida.

Não apenas para manter o corpo em forma e ter uma boa aparência, quando nos cuidamos, prevenimos o surgimento de diversas doenças e melhoramos a nossa disposição.

Sem contar que ficamos mais dispostos para as tarefas do dia a dia, como trabalhar, ir à escola ou faculdade, realizar as tarefas variadas, entre outros, além de estarmos menos suscetíveis à contaminação por vírus e bactérias.

A rotina saudável aumenta nossa imunidade e protege nosso corpo de patologias que podem nos impedir de fazer o que gostamos e até de realizar sonhos.

Quando falamos de rotina, estamos nos referindo a ações que devem ser colocadas em prática de maneira contínua, e não apenas “de vez em quando”. Isso inclui a prática de exercícios físicos, idas periódicas ao médico, uma boa noite de sono e muitas outras ações.

Ter cuidado com a nossa saúde é cuidar da máquina que nos mantém sendo parte deste mundo, certo? Por isso, neste artigo, vamos explicar o que é uma rotina saudável, sua importância, dar algumas dicas e falar sobre seus benefícios. Acompanhe!

O que é uma rotina saudável?

A rotina saudável nada mais é do que o cultivo de hábitos bons para a saúde, que melhoram a qualidade de vida e protegem o organismo contra doenças.

Ela também melhora nosso humor e disposição, e inclui check up básico e outras práticas, como:

  • Alimentação equilibrada;
  • Exercícios físicos;
  • Boa noite de sono;
  • Beber água.

Se você der uma olhada na internet, vai encontrar milhares de sites especializados nesse assunto, uma vez que ele está em pauta e sendo cada vez mais procurado pelas pessoas. Mas por que isso acontece?

A razão é um tanto óbvia: ter uma rotina saudável é importante para nossa saúde e bem-estar. Hábitos nocivos existem aos momentos e cometemos muitos deles, sem mesmo nos dar conta.

Fumar e beber em excesso, levar uma vida sedentária, comer alimentos gordurosos, são exemplos desses comportamentos perigosos que podem prejudicar o corpo humano.

Doenças do coração, obesidade e diabetes são apenas alguns dos problemas de saúde que podem nos afetar. Mas todos eles podem ser evitados com práticas saudáveis, então por que não começar agora mesmo?

No próximo tópico, reunimos algumas dicas que, assim como os produtos naturais para emagrecer rápido, vão te ajudar a perder peso e conquistar uma rotina mais saudável. Confira!

Dicas para uma vida mais saudável

Toda rotina precisa de boas práticas para se instalar em nossas vidas. Assim como você desenvolveu aqueles que não são bons para a sua saúde, pode começar a mudar essa realidade agora mesmo. Algumas dicas para isso são:

1. Beber bastante água

Todo mundo sabe que é essencial beber água, mas nem todo mundo segue essa recomendação à risca. Ela é importante porque as reações químicas necessárias para o organismo dependem da água.

Pessoas desidratadas, por exemplo, têm mais dificuldades para eliminar secreções, seu desempenho cognitivo e humor são afetados e o intestino não funciona adequadamente.

Somente a água mantém o corpo humano devidamente hidratado, melhorando a pele e liberando diversas toxinas. A quantidade varia, mas o ideal é consumir, em média, dois litros de água por dia.

2. Dormir bem

Ter uma boa noite de sono é tão essencial quanto um plano alimentar individualizado para a nossa saúde. Uma noite bem dormida garante um dia produtivo, com mais disposição e concentração.

É durante a noite que produzimos hormônios importantes, como o do crescimento. Também é enquanto dormimos que fixamos o que aprendemos, mas algumas pessoas têm muita dificuldade em ter uma noite de sono aceitável.

Por esse motivo, quando uma pessoa não dorme bem, seu nível de estresse durante o dia aumenta muito.

Se você é uma delas, saiba que isso, na maioria das vezes, pode ser resolvido com algumas práticas. Por exemplo, um banho quente e relaxante, um ambiente bem escuro e não ficar mexendo no celular antes de se deitar são essenciais.

Evite bebidas alcoólicas e café antes de dormir, prefira um chá de camomila acompanhado de um bom livro de cabeceira. Tudo isso ajuda a criar um clima apropriado para a hora de dormir.

3. Acordar cedo

Acordar nas primeiras horas da manhã ajuda a estabelecer uma rotina produtiva. Se você não é uma pessoa matutina, pode mudar esse hábito de maneira gradual.

Comece cortando o cafezinho da noite, acordando 2 ou 3 horas mais cedo e evitando mexer no celular ou assistir TV até tarde.

Estabeleça acordar cedo como uma rotina que deve ser seguida todos os dias da semana. Com o passar do tempo, o organismo se acostuma e seu relógio biológico entende que este é seu novo horário.

Apesar de acordar cedo ser recomendável e lhe permitir apreciar um belo café da manhã com petit four de goiabada, nem todas as pessoas são matutinas ou podem viver essa rotina.

O ideal mesmo é você avaliar em quais horários funciona melhor para determinar uma rotina mais agradável e saudável.

4. Praticar atividades físicas

A prática de exercícios físicos é benéfica por diversas razões, por exemplo:

  • Melhorar o condicionamento físico;
  • Controlar a pressão arterial;
  • Diminuir riscos de infarto;
  • Aprimorar a postura;
  • Evitar o ganho de peso;
  • Aliviar o estresse.

Existe uma variedade enorme de exercícios que você pode escolher para fazer parte do seu dia a dia, como uma caminhada pelo bairro, dança, corrida, aula de pilates funcional, ioga, musculação, natação etc.

O tempo recomendado muda de uma idade a outra. Por exemplo, para crianças de 3 a 5 anos de idade, 180 minutos por dia; adolescentes 60 minutos por dia; adultos 150 minutos por dia, assim como os idosos.

5. Adotar uma alimentação saudável

Quando nos alimentamos bem, evitamos que nosso organismo se exponha a riscos como os problemas cardíacos. Para proteger o coração, é recomendável consumir alimentos como grãos integrais, frutas, castanhas, leite, iogurte e sementes.

Algumas comidas, por outro lado, podem ser consumidas, mas com moderação, como carboidratos como arroz branco e biscoitos, lácteos, bem como alimentos gordurosos e doces.

Sem contar que, alimentos ultraprocessados como salgadinhos, refrigerantes, biscoitos recheados e achocolatados aumentam ainda mais os riscos de doenças cardíacas.

Adotar uma alimentação saudável como rotina beneficia o organismo como um todo, e essas vantagens são notadas ao longo do tempo.

6. Cuidar de você

Existem muitas formas de cuidarmos de nós mesmos, como ir periodicamente ao médico para consultas de rotina, fazendo alguns exames básicos para averiguar se está tudo bem.

Por outro lado, existem tipos de cuidados que podem ser essenciais. Para os homens, por exemplo, ao chegar do trabalho, tome um banho, faça uma hidratação no cabelo e use creme olheiras masculino.

Esses cuidados também são importantes, uma vez que reforçam nosso compromisso com nós mesmos, aumentam nossa autoestima e nos preparam para um novo dia.

Benefícios da rotina saudável

Ter uma rotina saudável é essencial para o bom funcionamento do corpo e da mente. Com isso, estamos mais preparados para o dia a dia de trabalho e com a família.

Se não nos cuidamos bem, fica difícil cumprir com nossos compromissos e até mesmo realizar atividades que gostamos, como alguns momentos de lazer e viagens.

Uma rotina saudável beneficia nosso corpo de muitas maneiras. Estudos mostram que ter o hábito de beber uma taça por dia de vinho frutado branco, por exemplo, pode melhorar nossa circulação e os batimentos cardíacos.

O desempenho em atividades físicas também é algo que agrega muito, além de que alguns exercícios deixam de ser difíceis ou até impossíveis.

Outro benefício é a melhora do humor, pois quando nosso corpo está saudável e bem cuidado, nos sentimos bem-humorados e bem mais dispostos para o dia a dia.

Da mesma forma, a relação com as pessoas melhora, uma vez que estamos mais prestativos, com a autoestima assegurada e com vontade de realizar nossas atividades.

Ou seja, a relação com a família é enriquecida, assim como com os amigos, vizinhos e colegas de trabalho.

As idas ao médico também se tornam mais tranquilas, principalmente se você já tem alguma doença pré-existente, como a diabetes.

Ou seja, a rotina saudável ajuda a controlar essas doenças e a fazer com que você se sinta cada vez melhor.

Conclusão

A vida moderna nos expôs a muitos momentos de estresses, com uma rotina de trabalho pesada e um dia a dia sobrecarregado.

Precisamos estar atentos à nossa saúde, afinal, com ela em escassez não conseguimos cumprir uma agenda cheia de compromissos.

Cuidar do corpo e da mente por meio de várias práticas e as dicas que demos neste conteúdo, são fundamentais para nossa longevidade.

Mais do que viver por muito tempo precisamos viver bem, sempre prezando pela saúde e bem-estar, adotando uma rotina saudável e que só trará benefícios a médio e a longo prazo.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Antes de qualquer trabalho, peçamos que Deus faça a sua obra em nós

Nas Bodas de Caná, Maria disse aos empregados “Fazei tudo o que Ele vos disser”. Foi necessário um esforço humano e a confiança de carregar uma grande quantidade de água, mas quem a transformou em vinho foi Jesus. Resumindo: é Deus quem faz o milagre, mas Ele precisa do nosso esforço e fé.

Veja também:

Nos esforçamos, mas é Deus quem faz dar certo

Antes de qualquer trabalho, peçamos que Deus faça a sua obra em nós para que possamos prosperar nas atividades materiais e espirituais. Oremos com todo o salmo 89, que nos fala da brevidade da vida e do sentido de tudo o que realizamos no pouco tempo que temos. Que o Senhor faça frutificar a nossa vida no tempo oportuno para sua honra e sua glória. Amém.

Como falar em público? 8 dicas para melhorar a sua oratória

É bastante comum que diversas pessoas podem acabar perdendo oportunidades por não conseguirem falar em público.

O fato é que essa habilidade, em algum momento, será necessária em nossas vidas, seja na escola, na faculdade, no trabalho e até em situações do cotidiano.

Encarar o público e transmitir uma mensagem de maneira clara pode ser fácil para alguns, mas o medo dessa situação é corriqueiro e atinge mais pessoas do que você imagina.

Em dinâmicas de entrevistas, por exemplo, é comum que os recrutadores peçam para que se apresentem diante de todos os candidatos. Além disso, ter uma boa desenvoltura nesse momento pode ser crucial para conseguir a vaga.

Também devemos nos ater ao fato de que líderes, gestores, professores, políticos e tantos outros profissionais de destaque lidam com essa situação quase que diariamente. Já imaginou se eles tivessem problemas com isso?

Dessa forma, podemos entender que saber falar com um número maior de pessoas ao mesmo tempo é fundamental para se destacar e conquistar cargos importantes.

Pensando nisso, neste artigo, vamos dissertar um pouco mais sobre as dificuldades em falar em público, dar algumas dicas para vencê-las e mostrar a sua importância. Acompanhe!

Dificuldades para falar em público?

Saber se comunicar é uma qualidade necessária a todos, independentemente da profissão, de onde vive e do estilo de vida.

Uma boa oratória te ajuda a conquistar uma vaga de emprego, se sair bem durante uma apresentação, bem como fazer com que pessoas de culturas e realidades diferentes se compreendam.

Nem todo mundo vai encarar uma sala para palestra, mas, mesmo assim, é importante estar preparado para se fazer entender por um número maior de pessoas.

Por exemplo, existem pessoas que falam muito bem, mas na hora de se comunicar em público se sentem tímidas, nervosas e essas emoções podem colocar tudo a perder. Algumas características que aparecem durante o momento de falar em público são:

  • Gagueira;
  • Suor excessivo;
  • Frases sem coerência;
  • Troca de palavras.

São situações consideradas comuns, que podem acontecer com qualquer pessoa, seja em uma reunião de negócios, em um evento de família ou durante a apresentação de uma tese na faculdade.

No entanto, essa insegurança pode ser vencida, e para isso, no próximo tópico, listamos algumas dicas que podem te ajudar. Confira!

Dicas para falar bem em público

Encarar o público de frente e mandar bem como faria o gestor de uma empresa de segurança bancária não é tão difícil se você seguir alguns passos. São eles:

1. Preparar-se para a apresentação

Antes de chegar o momento, você precisa reunir as ideias e, além disso, tirar um tempo para saber um pouco mais sobre o público. Caso não o conheça, faça algumas anotações.

Também prepare-se com dias de antecedência e mostre para alguém e peça para essa pessoa apontar seus pontos fortes e fracos, para que assim, você possa praticar bastante.

Você pode improvisar um pouco na hora, pois falar como um robô também não é agradável. De qualquer forma, é preciso ter um material preparado, uma vez que isso demonstra a sua preocupação para com os presentes.

Contar apenas com a inspiração momentânea causa nervosismo e ansiedade, bem como prejudica o momento.

2. Conheça sua plateia

É muito difícil montar um discurso quando não conhecemos o público. Isso porque, quando estamos mais íntimos dele, mais à vontade ficamos.

Imagine falar sobre um assunto com uma pessoa que você não tem a mínima ideia de quem seja, quais são seus objetivos, por que ela está ali etc.?

É interessante conhecer o perfil das pessoas que vão acompanhar o discurso, palestra ou qualquer outra coisa que você for fazer.

3. Tente não ficar tenso

Se a apresentação daquele projeto de mudança para o ensino fundamental particular da instituição de ensino é amanhã, que tal descansar um pouco hoje?

Quem se preparou ao longo dos dias pode usar a véspera para acalmar o psicológico assistindo a um bom filme, ouvindo suas músicas preferidas e cuidando da mente e do corpo.

Pensar positivo também é um passo importante, por exemplo, compreendendo o quanto a oratória, aula ou discurso será benéfico para a plateia e até para você mesmo.

4. Entenda os próprios medos

Compreender os medos é entender o que está por trás deles. Obviamente, ter centenas de pessoas olhando para você pode causar ansiedade e nem sempre é confortável.

Tenha em mente que as pessoas estarão lá para aprender e não para causar problemas. Isso evita que pensamentos sabotadores invadam a sua mente.

5. Seja acessível

Falar em público não significa que você esteja acima das pessoas que vão assisti-lo. Por isso, nada de ser arrogante, pois isso impede a criação de uma conexão positiva com o público.

Reserve um tempo para perguntas e ouvir o que as pessoas têm a dizer, é uma maneira de demonstrar interesse pelo próximo e que você é acessível a todos.

6. Seja bem-humorado

O bom humor é fundamental em nosso dia a dia, seja trabalhando em um berçário de bebê ou dirigindo uma grande empresa.

O discurso não precisa fazer as pessoas rirem o tempo todo, mas o humor atrai o público e melhora o clima do ambiente.

No entanto, algumas ações devem ser evitadas, como fazer piadas com as pessoas da plateia, pois isso pode fazer despencar o respeito delas por você.

O humor deve ser dosado, usando-o apenas quando percebemos que o público está desinteressado ou quando o clima está um pouco desfavorável.

7. Não seja prolixo

Qualquer pessoa ou profissional, como um garçom de buffet deve mostrar seus conhecimentos, mas sem exageros.

Quando mostramos alto domínio de um assunto, mas de maneira excessiva, a plateia acaba se sentindo entediada, principalmente porque temos uma tendência a usar uma linguagem que nem sempre é compreendida por todos.

Um discurso acessível e fácil de entender torna até os temas mais complicados como pautas fáceis de serem abordadas.

É interessante usar exemplos, narrativas e trazer curiosidades para o momento. Esses recursos tornam tudo mais leve e divertido, além de promover interação.

8. Respire de forma correta

Respirar adequadamente e com calma ajuda a amenizar a ansiedade e melhora nosso desempenho. Da mesma forma, faça algumas pausas, uma vez que evita que você se atropele e passe informações desconexas.

Não precisa falar sem parar, e você pode usar o tempo a seu favor. Caso você tenha 10 minutos para apresentar uma ideia de design para a nova agenda personalizada logo, planeje a sua apresentação para 8 minutos, por exemplo.      

Dessa forma, você conseguirá ter mais tempo para raciocinar, respirar e falar melhor sobre o assunto.

Por que é importante saber falar em público?

É natural que algumas pessoas, principalmente as que não estejam habituadas, sintam nervosismo e ansiedade ao falar em público.

Nós não fomos preparados para isso, mas ainda assim, em algum momento, a vida vai exigir essa habilidade, seja na escola, no trabalho ou em outras situações que mencionamos anteriormente.

Quando falamos em público, nos tornamos capazes de melhorar nossa capacidade de comunicação e liderança, aumentamos a autoestima e dominamos técnicas de convencimento.

Um gestor de uma fabricante de envelopes pequenos, por exemplo, melhora sua imagem pessoal e profissional, sendo mais aceito por seus colaboradores e pela sociedade como um todo.

Qualquer pessoa que tenha boa desenvoltura ao falar com um número maior de pessoas, ao mesmo tempo se torna mais reconhecida e conquista as melhores oportunidades.

No campo profissional, essa habilidade ajuda a vender a imagem do candidato e do colaborador, além de auxiliar em ideias e projetos.

Na vida acadêmica, o estudante que sabe falar em público se desenvolve mais do que os outros, além de aperfeiçoar a sua própria personalidade.

Na vida social, saber falar em público é importante para se fazer entender por um número maior de pessoas, além de desenvolvermos a capacidade de compreender os diferentes pontos de vista que nos cercam.

Seja dentro de uma sala reunião pequena ou em um churrasco em família, saber se comunicar é fundamental, e quem consegue falar com um grande número de pessoas desenvolve habilidades de comunicação como nenhum outro.

Portanto, não se trata apenas de perder um medo momentâneo, mas também de se tornar mais comunicativo e assertivo com as palavras, o que reflete em vários campos da vida.

Conclusão

O medo de falar com um número grande de pessoas é normal e atinge a vida de muitas pessoas. Mas no mundo em que vivemos hoje, conseguir falar em público é essencial para progredir e se destacar.

Com as dicas que demos aqui, você vai conseguir ter uma boa desenvoltura quando chegar o momento. Lembre-se, principalmente, de manter a calma e não se deixar levar pelos sentimentos.

Ao dominá-los, você se liberta desse medo e consegue fazer o que precisa com sucesso e cativa o público que o espera.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Um vídeo sobre a polêmica do estupro e de tudo o que tenta destruir a família

Quando um homem e uma mulher buscam um relacionamento que segue a vontade de Deus, aí encontram a felicidade e caminham rumo ao Reino dos Céus. Quando são desobedientes, pecadores, e buscam apenas o prazer momentâneo, aí acontecem os distúrbios e aberrações: adultérios, promiscuidade, estupro, violência, entre outras tristes realidades.

Veja também:

Um vídeo sobre a família e as ideologias malignas

O vídeo que você verá a seguir esclarece um post que fiz no Instagram e foi recebido com ódio por muita gente. Confira a publicação aqui: https://www.instagram.com/p/CHK_GMULH_v/

No vídeo, esclareço que existem pecadores na Igreja e que o pecado não faz parte dos planos de Deus. As pessoas pecam, o pecado causa consequências graves e não adianta culpar Deus por causa disso. O Senhor nos deu os mandamentos e mostra o caminho para vivermos em uma família. O feminismo e o machismo mostram dois extremos que causam divisão, e a divisão vem do diabo, que significa: o divisor. Assista, saiba mais e não deixe de compartilhar esse assunto urgente:

Na família planejada por Deus não existe estupro

Se você sente a urgência neste assunto e entende que mais pessoas precisam saber disso, não deixe de compartilhar!

Rolar para cima