Eu faço o que quero e ninguém manda em mim, mas faço muito mal a mim mesmo

Muita gente sem se orgulhado com muita vaidade sobre se dono de si mesmo. “Meu corpo, minhas regras” e outros gritos de independência estão na boca de pessoas que não aceitam conselhos dos mais experientes e querem fazer tudo do seu jeito. O problema é que, dessa forma, muitas atitudes precipitadas são tomadas e os erros e pecados vão se acumulando. Por que falo isso? Porque foi o que aconteceu comigo.

Nunca vi alguém alcançar uma vitória através da reclamação

A reclamação embaça a visão para tudo o que é bom, inclusive não permite que você perceba e receba as graças de Deus na sua vida. A pessoa “reclamona” transforma até uma coisa boa em algo ruim, pois sempre está insatisfeita. Eu nunca vi alguém alcançar uma vitória verdadeira através da reclamação, e você?

Uma grande certeza: quando cobramos excessivamente os outros, é porque alguma coisa estamos deixando de fazer

Uma estratégia que os covardes usam (e eu me incluo nesse meio) para esconder suas limitações e tudo o que não deseja fazer, é mostrar as limitações dos outros e tudo o que eles não fazem. Se cada um de nós procurar fazer o exercício de olhar para si e descobrir o que pode fazer de melhor a cada dia, já estaremos contribuindo para uma humanidade melhor. Eu estou tentando, com a graça de Deus, e você?

O tempo para quem espera em Deus é muito diferente

Vivemos em um mundo de gente agitada, que sempre parece estar atrasada ou devendo algo a alguém. A sensação de que fizemos menos do que deveríamos ter feito é sufocante e não permite que tenhamos paz, nem mesmo na hora do descanso. Nos cobramos demais e quando o nosso sucesso é medido apenas pelos bens materiais e outras situações passageiras, caímos em um grande desespero.

O desprendimento da vida passageira e os tesouros do Céu com Santa Teresinha do Menino Jesus

Muitas vezes as preocupações deste mundo nos tiram a paz e colocam a nossa atenção naquilo que não é o mais valioso. Quando focamos nos bens materiais e no apego às pessoas e afetos, deixamos a vida espiritual de lado e não lutamos como deveríamos para alcançar o Céu.

Entenda 3 realidades da Igreja Católica de forma bem simples

A Igreja Católica Apostólica Romana possui três realidades distintas, que formam uma só Igreja. É importante entendermos cada uma delas: São a Igreja Militante, Padecente e Triunfante. No artigo de hoje você vai saber um pouco mais.