Altair Fonseca Rio Claro RJ – Satirinhas
Satirinhas

Altair Fonseca Rio Claro RJ

A misericórdia de Jesus transforma vidas e você pode experimentar

Talvez você se considere uma pessoa cheia de pecados, e por isso, indigna de se aproximar de Deus. Mas Jesus te fala que está de braços abertos e que Sua misericórdia é infinita, ou seja, não importa o que você tenha feito, Ele te perdoa e te acolhe. Basta que você abra o seu coração e arrependa-se para buscar uma vida nova em Cristo. Esse tesouro da Divina Misericórdia está disponível para nós. Você quer experimentar?

Veja também:

Ninguém te ama como Jesus

Você pode procurar em qualquer lugar, mas nunca vai encontrar alguém te ama como Jesus. Infelizmente, muita gente passa a vida inteira buscando esse amor no lugar errado, o que gera apenas dor e sofrimento.

Aos machucados, feridos, dilacerado, aos que precisam de cura e perdão dos seus pecados, Jesus está de braços abertos e oferece seu amor misericordioso. Basta abrir o coração para experimentar essa dádiva.

O vídeo a seguir é a gravação de uma pregação que fiz no Grupo de Oração Fonte de Água Viva, do qual participo em Rio Claro/RJ. Assista:

A misericórdia de Jesus transforma vidas

Pessoas ingratas não evoluem espiritualmente e nem percebem as graças de Deus

Gosto de compartilhar minhas falhas e limitações nos quadrinhos para conversar com as pessoas nas redes sociais e também gosto de fazer perguntas para que meditemos juntos. Ao ler o Livro da Vida, de Santa Teresa d’Ávila, percebi que a Santa se acusa de maneira bem dura em faltas bem menores que as que eu cometo todos os dias. Essa Doutora da Igreja, ao perceber de onde Deus a tirou, nunca mais parou de louvar, adorar e agradecer Aquele que é o único digno de todo o nosso afeto.

Veja também:

A gratidão nos permite ir além

Todo milésimo de segundo é um milagre de Deus em nossa vida. Nenhum tempo de nossa história é ruim. Mesmo nos momentos mais difíceis da vida, o tempo concedido por Deus é uma bênção, e de um mal Ele pode tirar um bem.

Nas noites escuras, descobrimos a luz! Às vezes, dizemos que esta ou aquela época da nossa vida foi melhor ou pior. A verdade é que todas as épocas são boas, pois, em todos os momentos, a mão de Deus está presente. Em todas as situações, a misericórdia divina nos sustenta. E quanto mais tomamos consciência desta graça, mais somos movidos e tocados no íntimo do nosso coração, para dizermos e cantarmos: “obrigado, Senhor”!

Quando percebemos o que o Senhor faz por nós a cada dia, quando olhamos para trás e nos damos conta de que tudo contribuiu para o nosso crescimento, quando sentimos a presença de Deus em tudo isso, aprendemos a ser gratos. E através da gratidão, temos maior consciência da ação de Deus e abrimos as portas para novas e extraordinárias graças.

A vida é um verdadeiro conjunto de mistério, milagre e graça. Pois, ao começarmos a observar a beleza e a perfeição da natureza humana, é impressionante notar como Deus pensou em cada detalhe para criar a humanidade. Faz-nos bem contemplar a criação, sobretudo a do homem e da mulher. Observemos os sentidos, a corrente sanguínea, as juntas, os ossos, os nervos, os membros, os órgãos vitais; enfim, tudo é digno de admiração.

É mais admirável ainda porque Deus ficou encantado com a obra d’Ele e “viu que tudo era muito bom” (Gn 1,31). Nós somos imagem e semelhança do Criador. E se Ele se admirou, nós também somos chamados à contemplação e admiração da obra divina. Nessa contemplação, somos conduzidos ao respeito e ao cuidado, e esta imitação do Senhor nos impulsionará sempre na direção da defesa da vida em toda e qualquer circunstância.

Um puxão de orelha com muita classe, por São João Maria Vianney

Você tem ouvido a voz de Deus na situações cotidianas? Muitas vezes damos ouvidos a tantas vozes que nos roubam a felicidade, mas somos surdos ao chamado de Deus. São João Maria Vianney chorava e fazia penitência pelos pecados da humanidade. Vamos saber um pouco mais sobre ele?

Veja também:

O Santo Cura d’Ars

João Maria Batista Vianney também é conhecido como o Santo Cura d’Ars foi um sacerdote francês, canonizado pela Igreja Católica. Foi nomeado padroeiro dos Párocos em 23 de abril de 1928.

O santo tinha um jeito todo especial de trazer as ovelhas perdidas de volta, e entregava grandes sacrifícios e penitências pela salvação das almas.

Aquele que, incialmente havia sido impedido de administrar o sacramento da confissão, tornara-se o maior confessor da história. Diariamente, filas enormes se formavam diante do confessionário da igreja e o Pe. João passava horas a fio atendendo a todos, muitas vezes, sem comer. Por muitas e muitas vezes, passou dias inteiros sentado no confessionário atendendo os corações aflitos em busca de orientação e libertação. E todos saiam transformados daquele confessionário.

A frase que inspirou o quadrinho que abriu esse artigo está no livro O Santo Cura d’Ars, de Francis Trochu.

Eu faço o que quero e ninguém manda em mim, mas faço muito mal a mim mesmo

Muita gente sem se orgulhado com muita vaidade sobre se dono de si mesmo. “Meu corpo, minhas regras” e outros gritos de independência estão na boca de pessoas que não aceitam conselhos dos mais experientes e querem fazer tudo do seu jeito. O problema é que, dessa forma, muitas atitudes precipitadas são tomadas e os erros e pecados vão se acumulando. Por que falo isso? Porque foi o que aconteceu comigo.

Veja também:

O orgulho de defender o meu erro até o fim

Na cultura do ódio, tornou-se habitual criar uma opinião (muitas vezes sem base) e defendê-la até o fim, sem ouvir pessoas e instituições que possuem credibilidade. Quando desprezamos os valores mais indispensáveis e nos afastamos da vontade Deus, sempre caímos em um grande vazio e nos afundamos no erro.

Em determinada época da minha vida, eu dizia “faço o que quero”, sem perceber que vivia na prisão dos vícios e do pecado. Eu não fazia o que queria, mas fazia coisas impensadas, sem nenhum sentido, em busca de uma alegria que durava pouco. Para me tirar dessa condição, só mesmo o toque da graça de Deus. Você já teve a sensação de um grande vazio e falta de sentido? Conhece alguém que busca a felicidade em coisas que não têm valor?

Nunca vi alguém alcançar uma vitória através da reclamação

A reclamação embaça a visão para tudo o que é bom, inclusive não permite que você perceba e receba as graças de Deus na sua vida. A pessoa “reclamona” transforma até uma coisa boa em algo ruim, pois sempre está insatisfeita. Eu nunca vi alguém alcançar uma vitória verdadeira através da reclamação, e você?

Veja também:

Ninguém alcança uma grande vitória através da reclamação

Pessoas mimadas, que costumam tentar esconder a sua falta de empenho, ou que estão de mal com a vida, costumam reclamar de tudo e de todos. Tudo bem que todos nós temos a tentação de reclamar de algo em algum momento, já que coisas ruins acontecem para todos. O problema é ser uma pessoa que só enxerga o lado ruim até de coisas que são boas. Quem faz isso, perde as graças de Deus e perde a capacidade de dar valor no que realmente importa.

Em vez de reclamar, vamos agradecer. Quando algo estiver indo mal, tentemos enxergar oportunidades e soluções, mas não simplesmente abrir a boca para falar todo o tipo de coisa negativa. Em vez de dar lugar ao desespero, depositemos nossa fé em Deus!

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nosso site, você concorda com tal monitoramento
Criado por WP RGPD Pro
Rolar para cima